Superluta entre campeões e quarta vez de Wanderlei x Rampage agitam o Bellator 206

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 29/09/2018
Superluta entre campeões e quarta vez de Wanderlei x Rampage agitam o Bellator 206 Superluta entre os campeões Mousasi e MacDonald será um dos destaques da noite (Foto Bellator MMA)

publicidade

Uma noite histórica promete esquentar o Bellator 206, que será realizado neste sábado (29), em San Jose, na Califórnia (EUA). Em um dos cards mais aguardados nos últimos tempos, o evento terá no seu duelo principal a superluta pelo cinturão dos médios, onde o campeão Gegard Mousasi encara o detentor do título meio-médio Rory MacDonald, em disputa que promete. No co-main event, Wanderlei Silva e Quinton “Rampage” Jackson vão se enfrentar pela quarta vez e garantem fortes emoções. O card principal terá transmissão ao vivo da FOX Sports, a partir das 23h (horário de Brasília), e Lyoto Machida, novo contratado da organização de Scott Coker, será um dos comentaristas no canal.

Ainda pelo card principal do evento, Douglas LimaAndrey Koreshkov fazem uma trilogia de ex-campeões dos meio-médios, o brasileiro Leandro Higo tenta conquistar seu terceiro title shot na franquia em caso de vitória contra a revelação Aaron Pico, em combate pelo peso-pena. Keri Melendez x Dakota Zimmerman e Gaston Bolanos x Ysidro Gutierrez completam a lista dos seis principais confrontos da noite nos Estados Unidos.

Mousasi e MacDonald medem forças em superluta

Sem perder uma luta desde 2015 e embalado por sete vitórias consecutivas, sendo duas pelo Bellator, Gegard Mousasi terá um grande desafio pela frente. Atual campeão peso-médio da organização, o experiente lutador vai enfrentar a fera Rory MacDonald, que é o detentor do título da divisão dos meio-médios e decidiu subir de categoria buscando fazer história, ostentando duas cintas. Comentarista da FOX Sports, Mário Filho exaltou o canadense, que vem de dois triunfos no Bellator, sobre as feras Paul Daley e Douglas Lima.

“Rory Macdonald é luta dura para qualquer humano em qualquer lugar, dessa ou de outra galáxia. Além de preparadíssimo em todos os departamentos, ele não aceita ser parado, mesmo que tenha que morrer na arena. Nasceu para protagonizar batalhas épicas. Vejo ele deteriorado, com o rosto e a perna devastados, mas ainda assim, confiscando o cinturão do Mousasi. A determinação dele é muito superior à determinação do campeão, e é justamente o aspecto que eu entendo que possa ser o diferencial nessa guerra”, apostou.

Wanderlei Silva e Rampage Jackson fazem ‘tetralogia’

Hoje em dia já veteranos, Wanderlei Silva e Rampage Jackson vão reviver neste sábado uma rivalidade que ficou marcada na história do MMA e do PRIDE. Os lutadores vão dividir o mesmo cage pela quarta vez e o brasileiro, atualmente com 42 anos, buscará sua terceira vitória contra o americano, dois anos mais novo, que saiu vencedor ainda no primeiro round no último confronto entre eles, que aconteceu em 2008, pelo UFC 92.

O brasileiro Wanderlei Silva enfrenta Rampage Jackson pela quarta vez na carreira (Foto Bellator MMA)

Quase 12kg mais pesado que Wanderlei para o evento, Rampage chega mais ativo em relação ao seu adversário nos últimos anos. O americano, apesar de estar vindo de duas derrotas, para King Mo e Chael Sonnen, vem de três lutas desde 2016, enquanto Wand fez apenas um duelo nos últimos cinco anos, em 2017, quando perdeu para Sonnen.

“Wanderlei treinou cerca de quatro meses para essa que, certamente, é a luta mais importante dele depois dos tempos do PRIDE. A diferença de peso é, sim, um fator complicador, mas isso também reflete na agilidade do Rampage. Chael Sonnen, bem mais leve, mostrou o caminho, e inclusive foi superior também na luta em pé. Como eu não espero que o Wanderlei vá derrubar, como fez o Sonnen, eu acho que o Wand tem mais é que atrair o Rampage para a porrada, do mesmo jeito que fez contra o Brian Stann. Caso o Wanderlei tenha feito uso desses quatro meses de treinamento para afiar o ‘sprawl’ e a levantada usando as grades, boto fé que a ‘tetralogia’ possa ser encerrada com um heroico 3 a 1 para o brasileiro”, opinou o comentarista Mário Filho, grande entusiasta do duelo.

Trilogia entre Douglas e Koreshkov promete lutão

Outra grande atração do card principal do Bellator 206 é a trilogia entre Douglas Lima e Andrey Koreshkov, ex-campeões da franquia. O brasileiro, que vinha embalado por três vitórias, foi derrotado em sua última apresentação por Rory MacDonald, quando perdeu o cinturão, enquanto o russo vem de duas vitórias, sobre Chidi Njokuani e Vaso Bakocevic. O confronto pode desempatar o retrospecto atual dos lutadores, com uma vitória para cada.

Outra grande atração do card é a trilogia entre Douglas Lima e Andrey Koreshkov (Foto Bellator  MMA)

“Douglas Lima x Koreshkov já é um clássico meio-médio do MMA mundial. Estamos falando da altíssima hierarquia do topo da cadeia alimentar da elite da divisão mais inflamada do Bellator. Dois dos mais ferozes da categoria, independentemente da organização. Difícil apontar um favorito. Certeza mesmo que é luta nervosa, luta de consequência, luta de muitos chutes, muitos rodados, golpes voadores e pouca probabilidade de um confronto no chão. O que, aliás, poderia ser muito vantajoso para o brasileiro. São dois ex-campeões mundiais bem violentos, agressivos e que costumam dilacerar os adversários. Resultado inconclusivo pra mim, mas não vejo a hora de ver quem será o melhor”, encerrou Mário.

CARD COMPLETO:

Bellator 206
San Jose, na Califórnia (EUA)
Sábado, 29 de setembro de 2018

Card principal
Peso-médio: Gegard Mousasi x Rory MacDonald
Peso-pesado: Quinton “Rampage” Jackson x Wanderlei Silva
Peso-meio-médio: Douglas Lima x Andrey Koreshkov
Peso-pena: Aaron Pico x Leandro Higo 
Peso-palha: Keri Melendez x Dakota Zimmerman
Peso-pena: Gaston Bolanos x Ysidro Gutierrez

Card preliminar
Peso-casado: Adam Piccolotti x James Terry
Peso-pena: Jeremiah Labiano x Justin Smitley
Peso-pena: Amber Leibrock x Arlene Blencowe
Peso-casado: Josh San Diego x Joe Neal
Peso-galo: Cass Bell x Ty Costa
Peso-galo: Isaiah Gonzalez x Khai Wu
Peso-pena: Jacob Ycaro x Ignacio Ortiz
Peso-pena: Laird Anderson x Ahmed Abdelaziz
Peso-meio-pesado: Chuck Campbell x Joseph Ramirez
Peso-leve: Anthony Figueroa Jr. x Samuel Romero

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade