Duas semanas depois de concluir a defesa de cinturão dos meio-médios em cima do inglês Darren Till, o campeão Tyron Woodley já mira uma data de retorno ao octógono, mas tudo depende de sua recuperação após o último combate. Em entrevista ao “MMA Junkie Radio”, Tyron revelou que lutaria contra Colby Covington no UFC 230, em novembro, caso se recupere de lesão.

“Eu fiz uma ressonância magnética no meu polegar e estou procurando uma segunda opinião. Se estiver bem, não tenho problema em lutar em novembro. Quanto mais eu lutar, mais ritmo eu pego. Obviamente acabei de lutar, então ainda estou em ótima forma, comendo panquecas, camarão, brownies, tirando uma semana pra comer besteira”, disse Woodley.

“Tudo depende do quão severa é a lesão no meu polegar. Eu desloquei no primeiro round quando bati nele, achei que só estava emperrado”, completou.

Woodley e Covington iriam se enfrentar no UFC 228, que ocorreu no último dia 8 de setembro, mas por conta de uma cirurgia nasal feita por Colby, Darren Till entrou no lugar. Caso a luta realmente se concretize, eles se enfrentarão na luta principal do UFC 230, no dia 3 de novembro, no Madison Square Garden, em Nova York (EUA).