Após vitória, Massaranduba pede Kevin Lee e diz: ‘Quero quebrar ele na porrada’

    Francisco Massaranduba derrotou Dunham após uma bela joelhada no UFC São Paulo (Foto Getty Images / UFC)

    Por Diogo Santarém e Gabriel Carvalho

    No UFC Fight Night 137, realizado no último mês de setembro, em São Paulo Francisco Massaranduba teve uma excelente vitória contra Evan Dunham. Aproveitando o embalo, em conversa com jornalistas logo após o evento, o lutador de 40 anos pediu uma revanche com Kevin Lee, com quem lutou no UFC Fortaleza, em 2017, e foi finalizado. O brasileiro disse que pretende se “vingar” e projetou uma finalização contra o rival americano.

    “Eu estou com vontade de lutar com o Kevin Lee, quero fazer uma grande luta com ele. Quero mostrar que eu vou bater nele. Vou fazer de tudo para fazer um grande camp. Ele veio aqui no Brasil, ganhou de mim e ainda ficou falando palavrão. Se eu começar a xingá-lo, falar da mãe, do pai… Pode até ser, né (que o UFC tenha interesse na revanche). Eu jamais vou xingar a mãe do cara. Eu quero lutar com ele. E para o UFC vai ser bom essa luta, quero quebrar esse cara na porrada. Vou bater bastante e finalizar ele”, disparou.

    Massaranduba ainda contou sobre sua preparação com os lutadores mais jovens da equipe, dedicou a vitória ao filho e revelou que esteve próximo de abandonar o UFC São Paulo. O brasileiro contou que teve um problema dentário e pensou em desistir da luta com Evan.

    Confira a entrevista com Massaranduba na íntegra:

    – Preparação para se manter no auge aos 40

    Eu gosto de treinar só com os moleques mais novos, porque eu gosto de bater nos mais novos. Os caras falam que eu estou velho, mas é assim que eles veem. Eu treino igual a eles. Faço três treinos por dia. O dia que o corpo não aguentar, eu paro. Enquanto eu tiver lutando em alto rendimento, vocês nunca vão me ver cansar, isso é uma certeza (risos).

    – Vitória no UFC SP dedicada ao filho

    Eu estou ensinado o meu filho a lutar já (risos). Eu falei pra ele que iria viajar para dar porrada. Fico muito feliz. Meu filho ainda não entende nada, mas essa hora ele está assistindo. Eu estou muito feliz. Eu quero agradecer a vocês também (jornalistas), sei que tem hora que eu sumo, não atendo ninguém. Eu treino pra caramba, porque eu quero ser um dos melhores. Quero mostrar para o pessoal que o cara que veio lá de baixo tem condições de ser um dos melhores do mundo. Eu treino pra caramba. É f***. Eu não gosto de falar palavrão (risos). Quero dar o melhor de mim aqui, vencer e ser campeão.

    – Uma semana com crise de dor de dente

    Eu fui no dentista porque quebrou um canal meu, mas não era esse dente. Era outro dente (que estava doendo). Fiquei uma semana com dor. Eu liguei para o meu empresário e pedi para ele cancelar a luta. Pensei quatro vezes em parar essa luta. Mas, eu sabia que eu iria ganhar a luta se viesse. A maior do que eu senti na minha vida, foi essa dor de dente.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome