UFC anuncia Rafael dos Anjos x Kamaru Usman como luta principal do TUF 28 Finale; saiba mais

    Rafael dos Anjos e Kamaru Usman prometem uma luta animada para os fãs (Foto divulgação)

    Marcado para o dia 30 de novembro, em Las Vegas (EUA), o TUF 28, liderado pelos times de Robert Whittaker – campeão peso-médio – e Kelvin Gastelum, teve sua luta principal anunciada pelo UFC na noite da última terça (2). Pela divisão dos meio-médios, Rafael dos Anjos, terceiro colocado no ranking da categoria, enfrentará Kamaru Usman, o sexto.

    Vindo de derrota para Colby Convington em disputa pelo cinturão interino do peso-meio-médio no UFC 225, em junho, Dos Anjos terá a chance de se recolocar na rota do cinturão em caso de vitória. Aos 33 anos, o brasileiro, ex-campeão peso-leve do UFC, é dono de um cartel com 28 vitórias e dez derrotas. Antes de Colby, foram três triunfos seguidos.

    O desafio, porém, não promete ser fácil para Dos Anjos. Com oito vitórias em oito lutas pelo Ultimate, o nigeriano Usman perdeu apenas um combate na carreira, somando ainda um total de 13 resultados positivos no cartel. Seu último triunfo foi sobre Demian Maia.

    CARD PROVISÓRIO:

    TUF 28 Finale
    Las Vegas, nos Estados Unidos
    Sexta-feira, 30 de novembro de 2018

    Peso-meio-médio: Rafael dos Anjos x Kamaru Usman
    Peso-galo: Pedro Munhoz x Bryan Caraway
    Peso-leve: Gilbert Melendez x Arnold Allen
    Peso-meio-médio: Tim Means x Ricky Rainey
    Peso-mosca: Ashlee Evans-Smith x Antonina Shevchenko
    Peso-meio-pesado: Darren Stewart x Edmen Shahbazyan
    Peso-leve: Darrell Horcher x Roosevelt Roberts

    1 COMENTÁRIO

    1. Rafael dos Anjos,

      Sem dúvida é hoje o atleta que mais adoro do UFC.
      Ele é completo, destemido e um exemplo para todos nós aqui do Brasil.
      Já foi nosso campeão batendo grades nomes como Pettis, Cerrone e até o ‘Menino Lobo’.

      Esta luta, porém, me deixa bastante preocupado, pois este adversário assusta só de olhá-lo lutar no Cage.

      Vou está de pé durante esta luta, pois sem dúvida é um dos melhores brasileiros em combate, seja em pé, seja no chão.

      Boa sorte, Rafael, estarei aqui no grito.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome