Embalado, Patricky Pitbull aguarda vencedor de Primus x Chandler e afirma: ‘Vou tomar esse cinturão’

    Patricky Pitbull emplacou sua quarta vitória seguida ao nocautear Roger Huerta (Foto Bellator MMA)

    Por Mateus Machado

    Vivendo a melhor fase de sua carreira, com quatro vitórias consecutivas, sendo a última sobre Roger Huerta, no Bellator 205, por nocaute no segundo round, Patricky Pitbull só pensa no topo da categoria peso-leve da organização. Com três triunfos por nocaute em suas últimas apresentações, o brasileiro está na expectativa para ser o próximo desafiante ao título da divisão, que atualmente pertence a Brent Primus, contra quem nunca lutou.

    Em entrevista à TATAME, Patricky afirmou que tem boas chances de enfrentar o vencedor da revanche entre Primus e Michael Chandler, que acontecerá no dia 14 de dezembro.

    “Então, essa é a minha hora de disputar o cinturão. Eu vou apenas esperar o vencedor da disputa de cinturão do dia 14 de dezembro (entre Michael Chandler e Brent Primus) para partir pra cima do campeão e tomar esse cinturão”, projetou o potiguar da Pitbull Brothers.

    O lutador, de 31 anos, ainda falou sobre a vitória em sua última luta, fez uma análise do peso-leve, da chance de ser campeão no Bellator simultaneamente com seu irmão, Patrício Pitbull – algo inédito na história do esporte até então – , entre outros vários assuntos.

    Confira a entrevista com Patricky Pitbull na íntegra:

    – Vitória sobre Roger Huerta no Bellator 205

    Foi excelente! O Roger Huerta é um cara muito duro, que ainda tem muita lenha para queimar, tem muito coração e é valente. A vitória não aconteceu no primeiro round, como eu gostaria, mas foi uma boa vitória por nocaute, como havia planejado antes da luta.

    – Disputa de cinturão na sua próxima luta

    Eu conversei com os chefes do Bellator e eles me disseram que a minha próxima luta será pelo cinturão. Não poderia ser diferente, até porque já venci muita gente na categoria. Está entrando uma galera nova, mas eles ainda precisam trilhar esse caminho dentro da organização. Então, essa é a minha hora de disputar o cinturão. Vou apenas esperar o vencedor da disputa de cinturão do dia 14 de dezembro (entre Michael Chandler e Brent Primus, no Bellator 212) para partir pra cima do campeão e tomar esse cinturão.

    View this post on Instagram

    Right hand !

    A post shared by patrickypitbull (@patrickypitbull) on

    – Análise do peso-leve e Primus x Chandler

    A minha categoria está disputadíssima, tem muitos strikers e, agora, com a entrada de mais lutadores europeus, vai pegar mais fogo ainda. Todo mundo gosta de ver uma boa porrada (risos) e essa categoria é perfeita para os fãs. Eu acredito que o meu próximo adversário será o Brent Primus. Acho que ele será o vencedor do duelo contra Michael Chandler. O Chandler não costuma se dar bem contra caras mais altos do que ele e mais fortes que ele. Mesmo o Primus não sendo melhor tecnicamente, é um cara mais atlético e mais forte que o Chandler, por isso aposto que ele vença essa revanche entre eles.

    – Chance dos irmãos Pitbull serem campeões

    O que a gente conversa é apenas sobre bater nos melhores, em derrotar os campeões. E a gente sabe que seria histórico ter dois irmãos campeões simultaneamente na mesma organização. Isso nunca aconteceu na história do MMA, então seria uma grande realização.

    – Próximos passos dentro da sua carreira

    Meu próximo passo é ser campeão. Depois que eu for campeão, quero defender o título por muito tempo ou fazer grandes lutas. Isso é o que um campeão pode fazer, grandes lutas e grandes defesas de título. A hipótese de ir para o UFC nunca é descartada, a gente nunca sabe o dia de amanhã, mas eu estou muito satisfeito na organização. Sou muito bem tratado por todos. Conheço todos os funcionários, do cara que abre o cage ao presidente, todos me abraçam e conversam comigo. Então, não penso em sair de um lugar onde sou tão bem tratado para outro onde muita gente está reclamando e que não está satisfeita.

    – Destaques da equipe Pitbull Brothers

    Temos vários destaques aqui na equipe. Talvez a mídia não veja por morarmos no Nordeste e estarmos longe dos grandes veículos de imprensa. Acabamos de disputar o cinturão do maior evento de MMA da África do Sul com o José Maurício, mais conhecido como Junior Dedinho, mas infelizmente perdemos na decisão dividida. Temos o Handesson Boy Doido, que acabou de nocautear na PFL e avançou no torneio que vale um milhão de dólares. Temos também o Luiz Victor, o Luizito, que é um atleta que veio do Caratê. Ele lutou pelo Bellator no evento realizado em Israel e venceu. Agora ele está no evento Karate Combat, que é parecido com o MMA, com algumas regras modificadas. Temos também o Toninho Fúria no ACB MMA, o Miguel Felipinho, que finalizou uma promessa russa em sua última luta no ACB com um triângulo voador, o Wendres Godzilla, que também está no ACB e já foi sparring do Anderson Silva… Tem muita gente aqui na equipe e vamos crescendo.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome