Ben Askren descarta luta com Woodley e sugere novas categorias de peso no UFC

    O invicto Ben Askren agora faz parte do UFC e já projeta sua estreia na organização (Foto divulgação ONE)

    O UFC realizou um “sonho antigo” de ter o americano Ben Askren em seu plantel. O ex-campeão dos meio-médios do Bellator, que atuava pelo ONE Championship desde 2014, veio para o Ultimate em troca inédita por Demetrious Johnson, que vai para a Ásia.

    Mesmo já chegando na organização como um dos principais nomes da divisão, Askren não quer tentar se tornar campeão do peso-meio-médio e, pelo menos enquanto, Tyron Woodley segue como o detentor do título, segundo Ben revelou ao site MMA Fighting.

    “Eu e o Tyron (Woodley) não lutaremos, é simples. Nós não lutaremos”, comentou “Funky”.

    Askren e Woodley treinam juntos na academia Roufusport, o que acaba impossibilitando um eventual embate entre eles. No entanto, o também campeão do ONE mantém o desejo de ser campeão do UFC em outra categoria, sugerindo a criação de novas divisões de peso.

    “Eu acho que existem diversos cenários em que posso provar o quão bom sou e não lutamos (eu e o Woodley). Eles podem criar as divisões até 73kg e 79kg. Acho que existe a possibilidade. É quase como o UFC segurando um pouco, mesmo percebendo o quão bom seria pra gente. Se dependesse dos lutadores, eles criariam a divisão amanhã”, disse Ben, que citou Ronda Rousey e a criação das divisões femininas no Ultimate como exemplo.

    “Dana White disse que nunca teríamos mulheres no UFC, e aí veio uma estrela chamada Ronda Rousey e criaram a categoria. Bem, talvez a mesma coisa esteja acontecendo aqui. Talvez eles não pensem que o Kevin Lee e o Dustin Poirier são estrelas suficientes. É claro, são grandes lutadores, mas talvez estavam esperando pelo ‘Funky’ Ben aparecer. Talvez seja isso que eles estavam esperando”, afirmou Askren, atualmente aos 34 nos de idade.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome