Anthony Smith finaliza Volkan Oezdemir na luta principal do UFC Moncton; Brasil sai no empate

Publicado em 28/10/2018 por: Diogo Santarém
Anthony Smith finaliza Volkan Oezdemir na luta principal do UFC Moncton; Brasil sai no empate Smith finalizou Oezdemir e se aproximou de uma disputa de cinturão nos meio-pesados (Foto Getty Imges / UFC)

publicidade

Realizado no último sábado (27), pela primeira vez em Moncton, no Canadá, o UFC Fight Night 138 reservou fortes emoções para a luta principal da noite. De olho em uma chance para disputar o cinturão meio-pesado da organização, Anthony Smith e Volkan Oezdemir protagonizaram um agitado combate, que terminou com vitória por finalização de Smith no terceiro round, após o americano encaixar um justo mata-leão no adversário.

No co-main event, mesmo chamado de última hora, Michael Johnson não deu chances para Artem Lobov e venceu por decisão unânime dos jurados. Representando o Brasil, Talita Bernardo superou Sarah Moras, enquanto Marcelo Golm perdeu para Arjan Bhullar.

Smith ignora pressão e finaliza Oezdemir

Em grande fase, Anthony Smith aumentou sua sequência positiva no UFC para três vitórias consecutivas, sobre Rashad Evans, Maurício Shogun e, agora, Oezdemir. O triunfo, porém, não veio de forma fácil. Após um primeiro round onde o suíço foi superior e manteve Smith encurralado na grade, “Lionheart” voltou para o segundo assalto com postura diferente.

Acelerando o ritmo, o americano foi pra cima de Volkan e encaixou bons golpes. Sentindo a pressão de Smith, o suíço tratou de botar o duelo para baixo, mas sem muita efetividade, apenas controlando a posição no chão. Entretanto, o que Oezdemir não conseguiu fazer, “Lionheat” tirou de letra. No terceiro round, se aproveitando do cansaço do suíço, Anthony aplicou uma queda, pegou as costas e encaixou um justo mata-leão para vencer.

Michael Johnson abusou do Boxe para dominar e vencer o russo Artem Lobov (Foto Getty Images / UFC)

Johnson domina e derrota Artem Lobov

Mesmo sendo chamado de última hora para substituir o russo Zubaira Tukhugov, cortado do evento após se envolver na confusão generalizada que marcou o UFC 229, Michael Johnson não tomou conhecimento de Artem Lobov, parceiro de treinos de Conor McGregor.

O peso-pena americano dominou completamente os três rounds diante de Lobov e, sem tomar sustos, saiu vencedor por decisão unânime dos jurados. Com o resultado, Johnson soma seu segundo triunfo consecutivo e se recupera na organização, enquanto “The Russian Hammer”, com três derrotas seguidas, vive situação delicada dentro do Ultimate.

Em duas lutas, Brasil sai no empate

Representado pelo peso-pesado Marcelo Golm e pela peso-galo Talita Bernardo, o Brasil saiu com uma vitória e uma derrota do evento em Moncton, Canadá. O primeiro a subir no octógono foi Golm. Porém, diante do indiano-canadense Arjan Bhullar, Marcelo não conseguiu impor seu jogo. Melhor no primeiro e no último round, Bhullar controlou a luta em pé e só sofreu perigo na segunda parcial, quando o paulista acertou uma bela joelhada voadora, mas não teve ímpeto para pressionar e tentar dar números finais ao combate.

Com o triunfo por unanimidade, Bhullar, que até então tinha vencido apenas Luiz Henrique KLB no Ultimate, se recuperou da derrota para Adam Wieczorek, em abril. Já Golm, que debutou na companhia ao finalizar Christian Colombo, amarga agora dois reveses seguidos.

Talita Bernardo voltou a vencer e afastou a pressão de uma possível demissão (Foto Getty Images / UFC)

Talita Bernardo, por outro lado, teve melhor sorte. Também pressionada por duas derrotas consecutivas, a brasileira ignorou o momento ruim e mostrou um Jiu-Jitsu de bom nível para superar Sarah Moras por decisão unânime dos jurados após três rounds de disputa.

Fazendo valer a sua faixa preta, Talita até trocou com Sarah, mas na hora do aperto, levava a luta para o chão e, com superioridade, controlava a adversária. O cenário mudou apenas no fim do terceiro round, quando a canadense tentou pressionar, mas já era tarde demais. Vitória e alívio para Talita, que antes se encontrava em situação delicada no UFC.

RESULTADOS COMPLETO:

UFC Fight Night 138
Moncton, em New Brunswick (CAN)
Sábado, 27 de outubro de 2018

Card principal
Anthony Smith finalizou Volkan Oezdemir com um mata-leão no 3R
Michael Johnson derrotou Artem Lobov por decisão unânime dos jurados
Misha Cirkunov finalizou Patrick Cummins com um katagatame no 1R
Andre Soukamthath derrotou Jonathan Martinez por decisão unânime dos jurados
Gian Villante derrotou Ed Herman por decisão dividida dos jurados
Court McGee derrotou Alex Garcia por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Sean Strickland derrotou Nordine Taleb por nocaute técnico no 2R
Nasrat Haqparast derrotou Thibault Gouti por decisão unânime dos jurados
Calvin Kattar derrotou Chris Fishgold por nocaute técnico no 1R
Talita Bernardo derrotou Sarah Moras por decisão unânime dos jurados
Don Madge derrotou Te Edwards por nocaute técnico no 2R
Arjan Bhullar derrotou Marcelo Golm por decisão unânime dos jurados
Stevie Ray derrotou Jessin Ayari por decisão unânime dos jurados

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade