Com o apoio da comunidade, Erivan Gonçalves forma novos atletas e expande projetos sociais no Rio

Publicado em 18/10/2018 por: Mateus Machado
Com o apoio da comunidade, Erivan Gonçalves forma novos atletas e expande projetos sociais no Rio Erivan Gonçalves comanda o projeto EGM Team, na comunidade de Manguinhos (Foto divulgação)

publicidade

Por Mateus Machado

Competidor e professor de Jiu-Jitsu, Erivan Gonçalves, “só” por isso, já teria uma rotina bem atribulada em seu dia a dia. No entanto, sempre disposto a compartilhar seus ensinamentos e preocupado em formar novos atletas, o representante da equipe Nova União, atualmente com 37 anos, criou o projeto social EGM Team, no Manguinhos, no Rio de Janeiro. Além disso, com a ajuda de alunos mais experientes, também coordena outros três projetos que visam mostrar o caminho da arte suave como o melhor direcionamento para jovens que, até então, vinham com um destino de forma incerto em suas vidas.

“O meu trabalho é desenvolvido em quatro comunidades. É um trabalho social meu, desenvolvido por mim com muito custo e suor. A gente conquistou uns tatames… Eu tinha um carro, vendi, comprei os tatames e comecei a dar aula na comunidade. Tenho um projeto social em São João de Meriti, que é comandado pelo meu faixa-marrom Anderson Queiroz. Já na comunidade da Pereira, em Laranjeiras, é comandado pelo meu faixa-preta Cleiton. Em Manguinhos e em Varginha, eu comando os projetos”, disse Erivan à TATAME.

“Ultimamente, estamos perdendo muitas crianças para o tráfico, tem muita criança fazendo bobeira na rua. Observando isso, eu senti a necessidade de ter esse esporte dentro das comunidades, algo que é de extrema importância. Conversando com alguns moradores, decidi comprar os tatames e pôr na Associação de Moradores, que me cedeu o espaço, e a gente vem conquistando muitos campeonatos, além de outros bons resultados, mostrando que dentro das comunidades existem diversos talentos, o que falta é investimento e ações sociais como essa, algo que não temos atualmente”, afirmou o faixa-preta, citando ainda a importância de ensinamentos como disciplina, foco, autoconhecimento, respeito, etc.

“O Jiu-Jitsu, ou outra arte marcial, é importante na vida da criança pela questão da disciplina, principalmente. Com certeza, qualquer mãe ou pai que tem um filho que treine Jiu-Jitsu vão dizer que a criança melhorou em casa. Porque (o Jiu-Jitsu) é uma doutrina, o aluno aprende a questão da hierarquia e o respeito ao próximo, entre outras inúmeras coisas. A prática da arte suave é importantíssima nessa fase da vida”, contou o professor.

SERVIÇO:

Projeto Social EGM Team

Local: Comunidade da Varginha, S/N, Manguinhos – Rio de Janeiro (RJ)
Funcionamento: Segunda, quarta e sexta-feira, de 19h às 22h
Mais informações: (21) 96475-9109

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade