Cormier revela que ainda não se recuperou de lesão na mão, mas enfrentará Lewis: ‘Boa o suficiente’

Publicado em 16/10/2018 por: Gabriel gabriel
Cormier revela que ainda não se recuperou de lesão na mão, mas enfrentará Lewis: ‘Boa o suficiente’ Cormier sofreu lesão na mão durante luta contra Miocic e ainda não está 100% (Foto Sam Wasson / Getty Images Sports)

publicidade

Daniel Cormier topou a missão de defender o cinturão dos pesados do UFC com pouco menos de um mês de antecedência, enfrentando Derrick Lewis na luta principal do UFC 230, que acontece no dia 3 de novembro, em Nova York (EUA). Porém, o campeão corre risco de ficar um bom tempo afastado depois da realização do duelo e explicou o motivo.

Em entrevista ao programa “The MMA Hour”, Cormier revelou que ainda não se recuperou totalmente da lesão que teve na mão durante o combate contra Stipe Miocic, mas que ainda pode desferir socos, o que o levou a aceitar a disputa de cinturão contra Lewis.

“Eu sempre quero competir, mas eu estava lesionado e pensando em esperar pelo Brock (Lesnar), aí o UFC me ligou e perguntou, como sempre fazem, mas desta vez perguntaram se eu poderia lutar em algumas semanas, e eu falei que, honestamente, não estava pronto, mas poderia ver se tinha alguma chance de aceitar uma luta. Aí disseram que era o Derrick Lewis e fui testar se conseguia socar alguma coisa, e se conseguisse, eu lutaria”, disse o campeão dos pesados, que defenderá o cinturão pela primeira vez após obtê-lo.

“(A mão) está boa o suficiente pra lutar. Não está 100%, para ser sincero, meu punho não fecha inteiro, sinto que tenho um dedo amassado, que amassou feio agora”, completou.

A menção de Cormier a Brock Lesnar se refere ao provável combate que aconteceria entre os dois no primeiro trimestre de 2019. Com “DC” enfrentando Derrick Lewis, a luta corre o risco de não acontecer, já que o campeão duplo do UFC encaminha sua aposentadoria.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade