Dana não garante título de Khabib e diz: ‘Era a maior noite da história do Ultimate’

Publicado em 07/10/2018 por: Yago Redua
Dana não garante título de Khabib e diz: ‘Era a maior noite da história do Ultimate’ Dana White garantiu que os invasores do octógono não vão mais lutar no UFC (Foto Getty Images / UFC)

publicidade

Dana White, presidente do Ultimate, mostrou sua total insatisfação com a confusão generalizada após Khabib Nurmagomedov finalizar Conor McGregor no main event do UFC 229, realizado em Las Vegas (EUA), no último sábado (6). O russo pulou do octógono e foi pra cima de Dillon Danis, treinador de Jiu-Jitsu do irlandês. Em coletiva de imprensa, ainda nos bastidores do T-Mobile Arena, Dana explicou o seu sentimento de “decepção”.

“Era a maior noite da história do UFC. Eu não poderia estar mais decepcionado. Quando eu vi Khabib voando pela grade, eu pensei: ‘Não é possível! Isso não está acontecendo…’ Eu estou muito decepcionado, não era assim que essa noite deveria ter sido. Eu deveria estar aqui falando das vendas de pay-per-view e coisas assim, mas agora isso é a última coisa em que eu estou pensando. Não estou ligando para nada disso. É uma péssima noite para mim”, disse Dana, que não garantiu que o título dos leves vá seguir com Nurmagomedov.

“Nós temos que ver o que vai acontecer junto à Comissão. Está acontecendo uma investigação e tudo vai ser discutido em breve. Não dá para garantir que o Khabib não perderá o seu cinturão. Isso é com a Comissão Atlética de Nevada. O governador do Estado estava aqui no evento, e isso não é bom. Khabib está em apuros. Se ele for suspenso, dependendo do tempo da suspensão, ele pode, sim, perder o seu cinturão”, comentou.

Sobre o fato de não querer entregar o cinturão para o russo no octógono, Dana explicou que quis evitar algo ainda pior: “Khabib pediu para eu colocar o cinturão nele. Eu disse que não e que as pessoas jogariam coisas nele. Ele disse que não se importava, que estava preparado para isso. Falei que havia 20 mil outras pessoas lá com quem eu tinha que me preocupar. Ele então disse que poderia ser preso, mas que queria o seu cinturão. Khabib não pulou a cerca por Conor ter atacado o ônibus. Ele pulou a cerca porque Conor falou merda sobre a sua família. O ataque ao ônibus custou milhões de dólares ao Conor. Se tivéssemos suspendido Conor, acho que não teria mudado nada. Esses caras não ligam para suspensões. O que aconteceu aqui foi coisa de rivalidade de rua. Esses caras são assim. Khabib queria lutar com Conor o mais rápido possível. Ele deveria ter dito o que quisesse ao Conor, pego seu cinturão e ido comemorar ou algo assim. Ele venceu a luta e foi muito bem. Poderia ter saído daqui como um campeão. Deveria ter sido uma noite muito diferente para ele, mas não foi o que aconteceu”, encerrou o presidente do UFC.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC 229
T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 6 de outubro de 2018

Card principal
Khabib Nurmagomedov finalizou Conor McGregor com um mata-leão no 4R
Tony Ferguson derrotou Anthony Pettis por nocaute técnico no 2R
Dominick Reyes derrotou Ovince St-Preux por decisão unânime dos jurados
Derrick Lewis derrotou Alexander Volkov por nocaute técnico no 3R
Michelle Waterson derrotou Felice Herrig por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Jussier Formiga derrotou Sergio Pettis por decisão unânime dos jurados
Vicente Luque derrotou Jalin Turner por nocaute técnico no 1R
Aspen Ladd derrotou Tonya Evinger por nocaute técnico no 1R
Scott Holtzman derrotou Alan Nuguette por nocaute técnico no 3R
Yana Kunitskaya derrotou Lina Lansberg por decisão unânime dos jurados
Nik Lentz derrotou Gray Maynard por nocaute técnico no 2R
Tony Martin derrotou Ryan LaFlare por nocaute técnico no 3R

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade