Mahamed Aly e Manuel Ribamar levam US$ 20 mil com título do World Series of Grappling 2; veja como foi

Publicado em 08/10/2018 por: Yago Redua
Mahamed Aly e Manuel Ribamar levam US$ 20 mil com título do World Series of Grappling 2; veja como foi Aly faturou US$ 20 mil após conquistar o título no World Series of Grappling (Foto Gabrielly Kosinski)

publicidade

No último domingo (7), na Califórnia, Estados Unidos, aconteceu a segunda edição da World Series of Grappling. O evento, que reuniu feras do Jiu-Jitsu e de outras modalidades, teve como principais destaques os campeões Mahamed Aly e Manuel Ribamar, que faturaram, cada um, US$ 20 mil. Eles levaram o absoluto nas faixas-marrom e preta, que eram juntas e divididas em duas categorias de peso: até e acima de 180 libras (81,6kg).

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

?? Is always challenging to fight Keenan… Different game, different body type… different attributes… it was a close match… In Kasaquistan, few months ago, I thought I won and lost. Yesterday I thought I lost and won. That’s crazy. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ?? É sempre muito difícil lutar com o Keenan… jogo diferente, corpo diferente… atributos diferentes… À luta foi dura. No ACB, alguns meses atrás, eu tinha certeza que tinha ganhado(ainda tenho) e perdi. Aqui eu achava que tinha perdido e ganhei… q doideira.. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀#kicliminha #bjj4life #bjj #Repost @flograppling with @get_repost ・・・ Mahamed Aly advances to the final over Keenan!

Uma publicação compartilhada por Mahamed Aly (@alybjj) em

Na categoria dos pesados, Aly teve três batalhas complicadas até faturar o desejado prêmio em dinheiro. Na primeira fase, derrotou Max Gimenis e, em seguida, superou o duro Keenan Cornelius. Na decisão Aly venceu Gustavo Braguinha, da Atos Jiu-Jitsu.

Já Ribamar teve um caminho mais longo e não menos complicado até o título. O casca-grossa de 24 anos derrotou Jaime Canuto, Leo Lara, Sergio Rios, Gabriel Arges e Victor Silvério para garantir a medalha dourada, além do cobiçado prêmio de US$ 20 mil.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Oi Galera Primeiramente quero Dizer uma Passagem bíblica que diz ; Tudo Posso naquele que me Fortalece , e só ele é digno de toda honra e toda glória , gente muito obrigado a todos que me enviaram energia positiva estou muito feliz e agradecido .. campeão do @worldseriesofgrappling foram muitas guerras com muitos atletas de alto nível , agradeço pela vida dos meus amigos @diegopatojj @sayuritoledo_ @rossi_bros que foram essenciais no meu corner e Minha Esposa @nathibjj que não me abandonou esteve comido a cada segundo , quero agradecer meus Professores @mestrepina @leandrolojj @rpbjj @unityjiujitsu @nsbrotherhood aprendi muito com vocês e ainda aprendo principalmente com meu mestre @rpbjj em seguida quero deixar um Big thanks to my Sponsors and Supporters @habroksports @originlabsusa @choke_republic @leao_optics my health coach @nathaliachantrecoach my mental coach @rodrigopedrosacoach shout out for nick @bjj_tees #semiopticsmanagement @tim_cab my Homie thank you all family .. @nsbrotherhood @rpbjj @rpbjjpoltranco all my #rpbjjfamily : god is good and I am so blessed to have all of you guys in my life . #fightinghard #passionthatburns And my personal trainer @thatboyray47

Uma publicação compartilhada por Manuel Ribamar (@ribabjj) em

Além das emoções nas faixas-marrom e preta, nas faixas-azul e roxa acima de 180 libras, o título ficou com Pedro Henrique, da Gordo Jiu-Jitsu, que venceu Wallace Costa, da GFTeam. Já na divisão abaixo de 180 libras, o ouro foi para Jansen Gomes, da Checkmat, que bateu Andy Murasaki, da Atos Jiu-Jitsu. Cada campeão levou US$ 5 mil para casa.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade