Nurmagomedov ameaça deixar UFC: ‘Se demitirem o meu amigo, vão me perder’

Publicado em 11/10/2018 por: Gabriel gabriel
Nurmagomedov ameaça deixar UFC: ‘Se demitirem o meu amigo, vão me perder’ Khabib ameaçou deixar o UFC, caso seu amigo, envolvido na briga no UFC 229, seja demitido (Foto Getty Images)

publicidade

Continuando a repercussão da confusão realizada no UFC 229, que aconteceu no último sábado (6), Khabib Nurmagomedov divulgou uma mensagem em sua conta oficial no Instagram na quarta-feira (10) dando um recado ao Ultimate. “The Eagle” garantiu que se a franquia demitir o seu amigo Zubaira Tukhugov, também vai deixar a organização.

Na declaração, Khabib citou que não começou a briga e que apenas terminou o que foi iniciado no UFC 223, em abril, quando Conor McGregor e seus parceiros fizeram um atentado contra o ônibus que carregava o russo e outros lutadores. O campeão dos leves também comentou sobre uma parcialidade do UFC na hora de punir os responsáveis.

“Gostaria de enviar isso ao UFC. Por que vocês não demitiram ninguém que atacou o ônibus e machucou pessoas? Eles poderiam ter matado alguém ali. Por que não demitiram ninguém que insultou meu país, religião e família? Por que irá punir a minha equipe quando os dois times lutaram? Se vocês falarem que eu comecei, eu não concordo, apenas terminei o que ele começou. Em qualquer caso, me puna, o Zubaira Tukhugov não tem nada a ver com isso. Se vocês acham que eu ficarei calado, vocês estão errados. Cancelaram a luta do Zubaira e agora querem demiti-lo porque atingiu o Conor, mas não esqueçam que o Conor foi quem acertou meu irmão primeiro, vejam o vídeo”, escreveu o russo, que seguiu em defesa do seu amigo e ainda mandou um recado para o UFC.

“Se vocês decidirem demiti-lo, saibam que me perderão também. Nunca desistimos dos nossos irmãos na Rússia e vou até o fim com meu irmão. Se ainda decidirem em demiti-lo, não se esqueçam de mandar a minha rescisão, ou então eu mesmo quebro o contrato. E uma última coisa: podem ficar com o dinheiro que estão segurando, vocês estão muito ocupados com isso, espero que ele não fique preso em suas gargantas. Defendemos nossa honra e isso é o mais importante. Temos intenção de ir até o fim”, publicou Khabib.

Após vencer McGregor no último sábado (6), Nurmagomedov pulou a grade para fora do octógono e atacou Dillon Danis, treinador de Jiu-Jitsu do irlandês. A ação gerou uma confusão generalizada, e Tukhugov, que também é lutador do UFC, agrediu “Notorius”.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

I would like to address @ufc Why didn’t you fire anyone when their team attacked the bus and injured a couple of people? They could have killed someone there, why no one says anything about insulting my homeland, religion, nation, family? Why do you have to punish my team, when both teams fought. If you say that I started it, then I do not agree, I finished what he had started. In any case, punish me, @zubairatukhugov has nothing to do with that. If you think that I’ll keep silent then you are mistaken. You canceled Zubaira’s fight and you want to dismiss him just because he hit Conor. But don’t forget that it was Conor who had hit my another Brother FIRST, just check the video. if you decide to fire him, you should know that you’ll lose me too. We never give up on our brothers in Russia and I will go to the end for my Brother. If you still decide to fire him, don’t forget to send me my broken contract, otherwise I’ll break it myself. And one more thing, you can keep my money that you are withholding. You are pretty busy with that, I hope it won’t get stuck in your throat. We have defended our honor and this is the most important thing. We intend to go to the end. #Brothers

Uma publicação compartilhada por Khabib Nurmagomedov (@khabib_nurmagomedov) em

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade