Sem brasileiros, playoffs da PFL define últimos finalistas em duas divisões; veja

Publicado em 21/10/2018 por: Yago Redua
Sem brasileiros, playoffs da PFL define últimos finalistas em duas divisões; veja Ray Coopper III garantiu vaga na decisão dos meio-médios com duas vitórias por nocaute técnico (Foto: PFL)

publicidade

Os playoffs da Professional Fighters League, a PFL, teve mais um importante capítulo na noite de sábado (20), em Washington (EUA), na edição de número 10. Aconteceram as disputas nas divisões dos meio-médios e médios. Desta vez, nenhum brasileiro alcançou a final do evento, que vai premiar os campeões com US$ 1 milhão. Ray Cooper III mostrou que vive um momento brilhante e foi um dos destaques da noite.

Para garantir vaga na decisão, que será realizada no dia 31 de dezembro, em Nova York (EUA), Cooper derrotou Jake Shields nas quartas de final. Já na semifinal, o havaiano reencontrou Handesson Ferreira. O brasileiro venceu um confronto entre os dois em novembro de 2017. Mas, desta vez, “Bradda Boy” levou a melhor e confirmou vaga na decisão dos meio-médios. Cooper venceu todas as lutas por nocaute técnico.

O adversário do havaiano será Magomed Magomedkerimov. O russo superou Pavlo Kusch nas quartas de final, enquanto na semifinal venceu por nocaute técnico o sérvio Bojan Velickovic, que perdeu para Abubakar Nurmagomedov por pontos no primeiro mata-mata. Porém, o russo se machucou e precisou abandonar as disputas. Desta maneira, Velickovic retornou ao playoffs, mas foi eliminado na semi.

Final dos médios definidas

Já na divisão dos médios, Abusupiyan Magomedov garantiu vaga na decisão ao bater Gasan Umalatov por pontos nas quartas de final. Já na semi, finalizou o sueco Sadibou Sy, que eliminou o brasileiro Bruno Carioca na fase anterior.

Louis Taylor passou primeiro por Rex Harris. Já na semifinal, contra John Howard, o lutador, no terceiro round, aplicou um golpe ilegal no compatriota e viu a vaga na decisão ser ameaçada. Após a Comissão Atlética e o presidente da PFL discutirem e analisarem o caso, foi decretado o fim da luta e deram empate técnico. Os árbitros pontuaram os dois rounds anteriores e como o critério de desempate da liga é de quem venceu o assalto inicial, Taylor, mesmo com a polêmica, se classificou para decisão.

Confira abaixo como ficaram as finais da primeira temporada da PFL.

CARD PROVISÓRIO

PFL 11
Nova York, Estados Unidos (EUA)
Segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Peso-pesado: Josh Copeland x Philipe Lins
Peso-meio-pesado: Vinny Magalhaes x Sean O’Connell
Peso-médio: Abusupiyan Magomedov x Louis Taylor
Peso-meio-médio: Ray Cooper III x Magomed Magomedkerimov
Peso-leve: Natan Schulte x Rashid Magomedov
Peso-pena: Steven Siler x Lance Palmer

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade