Daniel Cormier defende cinturão contra Derrick Lewis e Jacaré encara Weidman no UFC 230

    Daniel Cormier defenderá seu título dos pesados diante de Derrick Lewis (Foto: Getty Images)

    Neste sábado (3), o UFC retorna ao Madison Square Garden, em Nova York, nos Estados Unidos, com um dos eventos mais importantes do ano. O UFC 230 traz o campeão dos pesados, Daniel Cormier, defendendo o cinturão da categoria pela primeira vez, enfrentando o perigoso nocauteador Derrick Lewis na luta principal.

    Além disso, três brasileiros subirão ao octógono no mesmo evento, que contará com 12 lutas: Ronaldo Jacaré, Sheymon Moraes Marcos Pezão

    Daniel Cormier defende título dos pesados pela primeira vez

    Após ser coroado como campeão dos pesados ao nocautear Stipe Miocicem julho, Daniel Cormier aceitou o desafio de defender o título com apenas três semanas de preparação. O desafiante será Derrick “The Black Beast” Lewis, que conquistou o posto após vencer três lutas consecutivas, a mais recente delas sobre Alexander Volkov, no UFC 229, em outubro.

    O combate também marca uma das últimas aparições de Cormier no MMA. Com 39 anos de idade, o atleta, que já conquistou cinturões em duas categorias de peso diferentes, já admitiu que não deve lutar após seu aniversário de 40 anos. Caso vença neste sábado, deve enfrentar o ex-campeão dos pesados, Brock Lesnar, em sua despedida.

    Jacaré enfrenta Weidman em última arrancada pelo título

    O co-main event da edição terá o brasileiro Ronaldo Jacaré enfrentando o americano ex-campeão Chris Weidman no peso-médio, de olho em uma última arrancada na carreira rumo ao sonhado título do Ultimate.

    Com 38 anos de idade, Jacaré perdeu em sua luta mais recente contra Kelvin Gastelum, em maio, e uma vitória sobre o ex-campeão o colocaria de volta na corrida pelo cinturão. Do outro lado, Weidman também sonha com o título em sua cintura, e retorna 16 meses depois de seu último combate, quando venceu Gastelum, após sofrer com lesões.

    Chris Weidman e Ronaldo Jacaré prometem fazer duelo eletrizante no UFC 230 (Foto: Getty Images)

    Israel Adesanya tem teste de fogo contra Derek Brunson

    O talentoso Israel Adesanyavem chamando bastante atenção no UFC. O nigeriano assinou com o Ultimate e já emendou três vitórias seguidas, penetrando no top 10 dos médios da organização. Desta vez, o lutador enfrentará o americano Derek Brunson, que busca se recuperar após o nocaute sofrido para Jacaré em janeiro. A luta é uma oportunidade para Adesanya se consolidar entre os melhores da categoria.

    Derek Brunson fará duelo importante contra a ‘sensação’ Israel Adesanya (Foto: Getty Images)

    Sheymon e Marcos Pezão representam o Brasil no card preliminar

    O card preliminar contará com dois lutadores brasileiros. O peso-pena Sheymon Moraes encara o americano Julio Arcevisando a sua segunda vitória no UFC, enquanto o peso-pesado Marcos Pezão vai medir forças contra o polonês Adam Wieczorek, retornando 18 meses após uma suspensão da USADA.

    Após estreia vitoriosa, Sheymon Moraes volta a entrar em ação neste sábado (Foto: Getty Images)

    CARD COMPLETO:

    UFC 230
    Madison Square Garden, em Nova York (EUA)
    Sábado, 3 de novembro de 2018

    Card principal
    Peso-pesado: Daniel Cormier x Derrick Lewis
    Peso-médio: Chris Weidman x Ronaldo Jacaré
    Peso-médio: David Branch x Jared Cannonier
    Peso-médio: Karl Roberson x Jack Marshman
    Peso-médio: Derek Brunson x Israel Adesanya

    Card preliminar
    Peso-pena: Jason Knight x Jordan Rinaldi
    Peso-mosca: Sijara Eubanks x Roxanne Modafferi
    Peso-pena: Julio Arce x Sheymon Moraes
    Peso-meio-médio: Lyman Good x Ben Saunders
    Peso-leve: Matt Frevola x Lando Vannata
    Peso-pena: Shane Burgos x Kurt Holobaugh
    Peso-galo: Brian Kelleher x Montel Jackson
    Peso-pesado: Marcos Pezão x Adam Wieczorek

     

    1 COMENTÁRIO

    1. gosto muito do jaca….mas pelo que notei…a idade tá pesando pra ele,se resume a isso,acredito que ele tá treinando forte etc,mas tá cansando logo,sinto que a idade tá pesando pra ele,e tá difícil manter o melhor nível…venho sentindo isso nas últimas performances dele

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome