Dana White elogia Cormier, mas não crava próxima luta: ‘Vamos ver o que acontece com o Jon Jones’

    Dana White, presidente do UFC, anunciou sua renovação de contrato com o UFC (Foto Getty Images / UFC)

    Dana White participou da coletiva de imprensa pós-luta do UFC 230, que foi realizado na noite do último sábado (3), em Nova York, nos Estados Unidos. O destaque do evento foi Daniel Cormier, que defendeu o cinturão dos pesados com sucesso ao bater Derrick Lewis por finalização na luta principal e segue como campeão em duas divisões do UFC.

    Na coletiva, Dana não poupou elogios ao atleta de 39 anos, mas evitou falar sobre o seu próximo compromisso. O presidente da organização citou Jon Jones, algoz de Cormier, e que lutará pelo cinturão dos meio-pesados em dezembro, contra Alexander Gustafsson.

    “Não foi uma surpresa (a vitória de Cormier), foi domínio completo. Impressionante. Não só pelo que ele faz nas duas categorias, só perdeu para o Jon Jones, mas também pelo que faz fora das lutas, como ele representa este esporte. Como ele faz para promover todos nós. Ele é um dos maiores em promoções, tudo que ele faz chama atenção. Ele poderia ser qualquer coisa, ter qualquer profissão depois. O que ele disse antes da luta sobre Derrick, sobre como ele é inteligente e tem valor, isso é de muita honra. Tem muitas opções para ‘DC’ agora. Vamos ver o que acontece com o Jon Jones. Agora é a hora de ‘DC’ ficar com sua família, descansar e depois veremos o que acontece”, comentou o mandatário.

    Dana White também falou sobre a possibilidade de Daniel enfrentar o ex-campeão dos pesados Brock Lesnar em sua luta de despedida, mas sem qualquer tipo de confirmação.

    “Daniel Cormier bateu em todos os caras duros do peso-pesado. As pessoas disseram que Derrick não merecia tentar o título. Como não? Era o segundo do ranking. Cormier bateu Stipe no primeiro round e Derrick no segundo. Então, o que há de errado? Eu não tenho certeza dessa próxima luta do ‘DC’. Pode ser contra Brock, mas não sei. Temos que pensar que Cormier está fazendo isso há muito tempo. Vai fazer 40 anos, tem agora que cuidar do seu corpo. Ele é talentoso em todas as maneiras que uma pessoa pode ser”, concluiu Dana.

    RESULTADOS COMPLETOS:

    UFC 230
    Madison Square Garden, em Nova York (EUA)
    Sábado, 3 de novembro de 2018

    Card principal
    Daniel Cormier finalizou Derrick Lewis com um mata-leão no 2R
    Ronaldo Jacaré derrotou Chris Weidman por nocaute técnico no 3R
    Jared Cannonier derrotou David Branch por nocaute técnico no 2R
    Karl Roberson derrotou Jack Marshman por decisão unânime dos jurados
    Israel Adesanya derrotou Derek Brunson por nocaute técnico no 1R

    Card preliminar
    Jordan Rinaldi derrotou Jason Knight por decisão unânime dos jurados
    Sijara Eubanks derrotou Roxanne Modafferi por decisão unânime dos jurados
    Sheymon Moraes derrotou Julio Arce por decisão dividida dos jurados
    Lyman Good derrotou Ben Saunders por nocaute no 1R
    Matt Frevola x Lando Vannata terminou em empate majoritário dos jurados
    Shane Burgos finalizou Kurt Holobaugh com um armlock no 1R
    Marcos Pezão derrotou Adam Wieczorek por decisão unânime dos jurados

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome