Israel Adesanya detalha nocaute no UFC 230 e fala sobre atuação de Derek Brunson: ‘Ficou em pânico’

    Israel Adesanya chegou a 15 vitórias no MMA após nocaute sobre Derek Brunson (Foto Jeff Bottari / Zuffa LLC)

    O peso-médio nigeriano Israel Adesanya foi um dos granes destaques do UFC 230, realizado no último sábado (3), em Nova York (EUA). O lutador, invicto no MMA, enfrentou o americano Derek Brunson na abertura do card principal e venceu por nocaute ainda no primeiro round, ampliando sua sequência para 15 vitórias na modalidade – quatro no UFC.

    Em entrevista ao site MMA Fighting, Adesanya falou sobre um dos momentos iniciais do duelo, quando Derek recebeu uma advertência do árbitro por ter puxado o seu calção em um momento onde tinha o controle da luta no cage, e citou o pânico do seu adversário.

    “Eu lembro que ele ficou em pânico. Mandou um chute de me*** na minha perna e errou, e eu estava me perguntando: ‘Por que você está em pânico?’, aquilo eram golpes de pânico, foi algo que não gostei. Assisti à luta novamente, analisei, e assisti de novo e de novo. A primeira coisa que ele faz quando vai para as minhas pernas é puxar o meu calção”, detalhou o atleta, de 29 anos de idade, que venceu suas quatro lutas em 2018.

    Israel também descreveu o nocaute que aplicou sobre Brunson, contando que sentiu o exato momento em que deveria conectar a joelhada que encerrou a luta no round inicial.

    “Senti que não queria as minhas costas voltadas para o centro do octógono, então virei ele, que me virou de volta. Eventualmente, quebrei a pegada, e foi ali que ele tentou subir o nível. Tentaria jogar a mão esquerda dele, ou então tentaria a queda. Ele tentou me derrubar, empurrei a cabeça dele, saí e ele veio correndo de novo. Foi aí que soltei a joelhada. Ele estava fud***, atordoado e caiu no chão”, completou Adesanya, que vem se consolidando como um dos nomes de destaque na categoria peso-médio do Ultimate.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome