Dirigentes da UAEJJF vibram com a expansão do Jiu-Jitsu pelo mundo; veja

    Tareq Al Bahri e Rodrigo Valério presentes na Arena Carioca 1 para o Grand Slam do Rio (Foto: Carlos Arthur Jr)

    Por Yago Rédua

    O Rio de Janeiro recebe, a partir desta sexta-feira (16) até o próximo domingo (18), a terceira etapa do Grand Slam da UAE Jiu-Jitsu Federation. O evento acontece na Arena Carioca 1, no Parque Olímpico (RJ), para cerca de 2.500 atletas. Em entrevista, Tareq Al Bahri, diretor geral do Grand Slam, comentou sobre a expansão do Jiu-Jitsu pelo mundo.

    “Há dez anos o Jiu-Jitsu estava centralizado em apenas duas partes: Brasil e Estados Unidos. Depois que o Jiu-Jitsu chegou à Abu Dhabi, a nossa intenção era espalhar o esporte por todo mundo. Nos cercamos de profissionais capacitados para nos ajudarmos nessa missão. Ano após anos vemos a evolução do esporte e os ajustes dos nossos campeonatos. Temos um mercado muito grande pelo mundo e estamos trabalhando nesta expansão”, apontou o dirigente, que comentou os planos da UAEJJF no Brasil e apontou a evolução.

    “Há quatro anos nós tivemos um grande desafio para organizar o evento pela primeira vez no Rio, que foi a barreira da linguagem. A nossa equipe do Brasil somou forças, ajustamos tudo e, hoje, quatro anos depois, temos um evento alinhado. A expectativa é entregar um campeonato completo, no qual, atletas e treinadores tenham tudo que precisem”, disse.

    O brasileiro Rodrigo Valerio, dirigente da UAEJJF, fez uma análise da expansão da federação e projetou mais edições de eventos no Brasil em 2019: “Nós somos muitos afortunados pelo Sheik de Abu Dhabi ter simpatizado com o Jiu-Jitsu. Ele levou a modalidade para outro patamar. Quando eu entrei para o projeto, eram feitos dez eventos em todo mundo e três ou quatro em Abu Dhabi. Hoje, depois de criarmos a UAEJJF em 2012, chegamos a quase 100 eventos por ano. O Brasil, como todos sabem, é o maior mercado de Jiu-Jitsu do mundo. Aqui no Brasil, a proposta ano que vem é fazermos 15 eventos, sendo que esse ano fizemos 11 edições em diversas cidades”, encerrou.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome