Coluna da Arte Suave: saiba aproveitar os momentos e nunca perca um treino por estar cansado

    Em seu novo artigo, Luiz Dias falou sobre a importância de aproveitar todos os momentos (Foto: Divulgação)

    Por Luiz Dias

    Operei meu rim, tirei pedras dele. Os rins, na medicina oriental, dizem que são os “ouvidos da alma”. Pensando em minha vida, concordo com essa analogia. Todos nós passamos por momentos difíceis, desencontros, perdas e sentimentos tristes, mas como lutadores, temos de aprender a tirar lições de cada derrota, reformular estratégias de luta e de vida, e voltar à luta com energia total, e vontade de vencer sempre.

    Ir para a academia apenas para puxar o treino é muito ruim. Vontade e treinar com meus amigos e alunos, voltar para casa com o quimono inteiro não tem graça. Saudade de sentir a endorfina estar correndo no sangue. Como é bom treinar, e mais uma vez, reforçou o meu sentimento de contrariedade, quando vejo que tem lutador que dá um treino só, e para alegando cansaço ou não ter vontade de treinar com um menos graduado, ou lutar sem foco. Respeite sempre o seu oponente, ele está na caminhada tanto quanto você, e pode te surpreender no treino.

    Não quer lutar cansado, sentiu que cansou? Então lute se defendendo. Saber se defender faz parte da luta. Mude o foco do seu treino, tente somente contra-ataques quando perceber que é a hora. Atacar cansa, mas saber se defender cansado e lutar cansado é onde seu Jiu-Jitsu mais evolui, porque ali você sabe que não poderá contar com o seu vigor físico. Sem contar que, além disso tudo, estará puxando seu aeróbico. Além desse lado, tem a questão mental também. Se supere, treine mesmo sem vontade. Acredite, depois que o treino começa e a endorfina entra no sangue, tudo fica melhor, e muitas vezes ao final do treino, sentirá mais animado para resolver suas questões. O Jiu-Jitsu tem esse poder de transformar e nos ajudar em nossas vidas.

    Tenho saído pouco, por conta da dor. Ficando mais tempo em casa do que estou acostumado, e essa “reclusão” me faz pensar mais ainda nisso. Hoje, vendo esse sol pela janela, eu fiquei pensando que eu sempre estive certo, como a vida é boa, é bom viver, mas temos de viver intensamente o momento presente. Há menos de 2 meses, estava surfando, lutando, malhando, uma vida normal para mim desde sempre. Hoje ainda não posso retornar, creio que todos nós sabemos que a vida pode mudar em um segundo, por uma lesão ou qualquer outro motivo. Sabemos disso, mas no fundo parece que não acreditamos que pode acontecer conosco.

    Por ter vivido outras histórias, que já me mostraram isso, e agora vivo esse curto espaço de tempo parado, eu tenho a certeza que sempre estive certo, creio que temos de ser intensos em nossas vontades, e lutar sempre com vontade.

    Hoje você pode ter uma chance que pode não se repetir amanhã. Então, meus amigos, não percam suas chances. Lutem intensamente, como se cada luta fosse de campeonato, não importa se é treino livre, e caso a graduação do seu oponente seja inferior a sua, treine bem e lute com vontade, focado na luta. Sem ser dramático, mas não sabemos quando será a próxima vez, uma lesão ou um outro problema pode nos deixar fora dos tatames por um bom tempo. Então vamos treinar com vigor, curtir cada treino que podemos. Quando voltar a treinar, vou voltar com mais fome ainda para viver tudo que posso dentro e fora dos tatames.

    Não quero o peso de saber que perdi oportunidades e momentos da minha vida. A vida obriga a ser forte, ter coragem para ir à luta e lutar pelo que se deseja. São apenas uns pensamentos de quem está com uma fissura de dar um treino.

    Para mais informações, veja https://www.instagram.com/luizdiasbjj/ ou entre em contato pelo e-mail geracao.artesuave@yahoo.com.br. Também conheça o http://www.geracaoartesuave.com.br/. Boa semana, bons treinos e até a próxima!

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome