‘Personal das estrelas’, Chico Salgado fala de paixão pelo Jiu-Jitsu após título no Grand Slam da UAEJJF

    Chico Salgado é responsável por treinar diversas personalidades da mídia (Foto arquivo pessoal)

    Por Mateus Machado

    Com uma vida dedicada às artes marciais e à Educação Física, Chico Salgado, ao longo dos anos, notabilizou seu trabalho ao auxiliar na preparação de lutadores e também de diversas personalidades da mídia, o que tornou sua função conhecida nacionalmente.

    Além do trabalho realizado diariamente, Chico mantém sua rotina como praticante de Jiu-Jitsu e competidor. Prova disso foi seu ótimo desempenho no Abu Dhabi Grand Slam do Rio de Janeiro, organizado pela UAEJJF. O faixa-preta competiu no master e foi campeão em sua categoria após vencer quatro lutas. Satisfeito com o bom resultado obtido, o carioca falou sobre os desafios entre conciliar sua vida profissional com a paixão pelo Jiu-Jitsu.

    “Saio de casa muito cedo para dar minhas aulas e volto muito tarde. Muitas vezes, consigo encaixar uma parte física que faria na minha preparação, como uma corrida ou um treino de funcional, com algum aluno, isso facilita minha parte física. Quanto aos treinos de Jiu-Jitsu, graças a Deus tenho muitos amigos e sou bem quisto em várias academias. Quando consigo um buraco no meu dia, pego meu quimono no carro e vejo a mais próxima”, disse.

    Confira a entrevista completa com Chico Salgado:

    – Desempenho no Grand Slam da UAEJJF no Rio de Janeiro

    Esse era um campeonato que sempre sonhei em lutar devido a organização e valorização que eles têm com o atleta. Tive exatamente cinco semanas para fazer meu camp e me desdobrava para conciliar aulas e treinos. Todo meu esforço no final valeu a pena e deu tudo certo. Foram quatro guerras, todas lutas bem duras. O peso-médio é sempre cheio e não tem moleza. O nível técnico do campeonato estava super alto, mas era o meu dia.

    Chico Salgado foi ouro na disputa do Grand Slam da UAEJJF no Rio (Foto arquivo pessoal)

    – Segredo para conciliar rotina profissional com treinos

    Eu tenho sorte de trabalhar com o que eu amo. Saio de casa muito cedo para dar minhas aulas e volto muito tarde. Muitas vezes, consigo encaixar uma parte física que faria na minha preparação, como uma corrida ou um treino de funcional, com algum aluno, isso facilita minha parte física. Quanto aos treinos de Jiu-Jitsu, graças a Deus tenho muitos amigos e sou bem quisto em várias academias. Quando consigo um buraco no meu dia, pego meu quimono no carro e vejo a academia mais próxima. Mas, sem dúvida nenhuma, o que fez a diferença foi participar dos ‘treinos dos leves’. Esse treino rola na academia do Felipe Costa e quem monta a planilha dos treinos é o preparador físico Ítallo Vilardo. Vários atletas de diversas academias com um único objetivo: evoluir tecnicamente e fisicamente. Deixamos nosso ego do lado de fora e o pau come dentro do tatame, e isso ajudou muito.

    – Planos para disputar mais torneios de Jiu-Jitsu em 2019

    Quero lutar o Mundial Master da IBJJF em Las Vegas (EUA), em agosto, e um evento de lutas casadas em São Paulo e um no Rio de Janeiro. Sou movido a desafios. A competição está no meu sangue. O que me motiva a treinar e evoluir são as competições. Se não estou inscrito para alguma competição, fico desleixado comigo mesmo. Necessito sempre estar dentro das competições para ter um comprometimento comigo e com meus treinos. Como falei, treino na hora que dá, mas não deixo de treinar. Ainda mais vendo o nível técnico que está o Jiu-Jitsu hoje em dia, muito alto, não dá para chegar despreparado.

    – Trabalho envolvendo personalidades da mídia nacional

    Minha bagagem toda veio da luta. Devo tudo ao Jiu-Jitsu e ao Boxe. Graças a arte suave, fui cursar Educação Física e me tornei professor. Sem dúvida nenhuma, o aluno que me projetou para esse mundo das celebridades foi meu irmão de longa data Bruno Gagliasso. Há 12 anos, começamos. Ele odiava se exercitar e tinha pânico de academia. Comecei com ele fazendo Boxe e Jiu-Jitsu e o resultado em pouquíssimo tempo foi incrível. Também fui chamado para preparar os atores de Tropa de Elite 1 e 2. Preparei vários atores e atrizes para várias novelas e filmes. Sem dúvida nenhuma, meu diferencial com outros profissionais da área é minha bagagem nas lutas e meu leque de opções de treino. Quando eu monto um plano de aulas para um aluno, ele vai treinar desde a musculação convencional, com exercícios funcionais, até Defesa Pessoal, Boxe, Muay Thai, Jiu-Jitsu ou uma trilha na Pedra da Gávea. Meu lema é variar os estímulos e os treinos ao máximo, assim a resposta, sem dúvida, é muito melhor e não deixa nosso treino cair na rotina.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome