Jovens do Jacarezinho, no Rio de Janeiro, disputam importante torneio de Wrestling em Natal; confira

Emanuel e Fernanda serão os representantes do Jacarezinho no torneio nacional (Foto divulgação)

Dois jovens da comunidade do Jacarezinho, na Zona Norte do Rio de Janeiro, estão em Natal (RN) para a disputa do Campeonato Brasileiro Escolar de Wrestling, que vale vaga para a seleção brasileira da modalidade. Emanuel Carvalho Marinho, de 14 anos, e Fernanda Aparecida da Silva Ferreira, de 12, representam o Projeto Lutando Pela Vida.

Parte da Geração UPP, o projeto existe há cinco anos dentro da base da Unidade de Polícia Pacificadora da comunidade, tem como treinador o cabo da Polícia Militar Cássio Antônio Bernardo e recebe o apoio da PMERJ, Coordenadoria de Polícia Pacificadora, LBV, Super Rádio Brasil, Prime Esportes, Liga de Wrestling do Rio e da equipe Niterói Wrestling.

“O Wrestling tem crescido muito em nosso país e através do projeto estamos descobrindo talentos dentro das comunidades, como o Emanuel e a Fernanda, que possuem diversos títulos, tanto em nível estadual quanto nacional, por isso hoje estão na disputa do brasileiro escolar”, destacou o treinador. “Ao todo atendemos cerca de 100 alunos no projeto, com aulas de segundo a sexta. Recebemos total incentivo da Coordenadoria de Polícia Pacificadora, através da Major Bianca, do comandante da nossa unidade, o Capitão Freitas, e da equipe que faço parte, a Niterói Wrestling, que tem como coordenadores os professores Tânia Silva e Flávio Cabral”, contou o cabo Cássio Antônio Bernardo.

Emanuel e Fernanda disputam o Campeonato Brasileiro porque garantiram vagas através da conquista do estadual. Com o apoio logístico fornecido pela LBV e Super Rádio Brasil, conseguiram viajar a Natal para buscar o título nacional. E no que depender da confiança do professor, meio caminho já foi andado para o sucesso da jovem dupla do Rio de Janeiro.

“O torneio Brasileiro Escolar é um dos mais importantes do país, reúne todos os 27 estados e já revelou grandes nomes da seleção. Trabalhamos duro para esta competição e estamos aqui em busca do título. Hoje nossos atletas estão entre os melhores e muito disso é mérito deles, que se esforçam, treinam, se empenham e conciliam o esporte com o estudo. Acompanhamos o desempenho escolar dos nossos alunos e por isso eu acredito que temos futuros campeões não só do esporte, mas da vida também”, encerrou o cabo e professor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente
Seu nome