Cormier revela lesão curiosa nas costas horas antes de luta no UFC 230: ‘Eu não sabia como explicar’

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 04/11/2018
Cormier revela lesão curiosa nas costas horas antes de luta no UFC 230: ‘Eu não sabia como explicar’ Daniel Cormier revelou lesão nas costas horas antes da luta contra Lewis (Foto Getty Images / UFC)

publicidade

Daniel Cormier defendeu o cinturão dos pesados com sucesso na luta principal do UFC 230, realizado no último sábado (3), ao finalizar Derrick Lewis no segundo round. Porém, Cormier ficou perto de não lutar em Nova York (EUA) por conta de uma curiosa lesão.

Na coletiva de imprensa pós-luta, o campeão peso-pesado do Ultimate – e também dono do cinturão dos meio-pesados – contou que suas costas “travaram” após um espirro horas antes do combate, que ficou ameaçado de não acontecer por conta do curioso incidente.

“Às vezes, quando vou lutar, ouço perguntas de quando vou ficar velho. Poderia ter acontecido na noite anterior, pensei que poderia ter acontecido nesta manhã, quando espirrei e minhas costas travaram. É sério, temos fotos que vamos divulgar na semana. Eu espirrei, e porque espirrei, minhas costas travaram. Tentei fazer minha corrida e não consegui”, contou o campeão dos pesados, que atualmente está aos 39 anos de idade.

Apesar do risco do duelo não acontecer, “DC” revelou a solução que teve para evitar o cancelamento do combate, que foi uma simples soneca antes da luta contra Derrick Lewis.

“Pensei que se tirasse uma soneca, talvez me sentisse melhor. Então quando acordei e fui caminhar, vi que as costas começaram a melhorar. Foi assustador, porque não sabia como explicar isso. Como vou dizer que machuquei minhas costas ao espirrar? É coisa de velho”.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC 230
Madison Square Garden, em Nova York (EUA)
Sábado, 3 de novembro de 2018

Card principal
Daniel Cormier finalizou Derrick Lewis com um mata-leão no 2R
Ronaldo Jacaré derrotou Chris Weidman por nocaute técnico no 3R
Jared Cannonier derrotou David Branch por nocaute técnico no 2R
Karl Roberson derrotou Jack Marshman por decisão unânime dos jurados
Israel Adesanya derrotou Derek Brunson por nocaute técnico no 1R

Card preliminar
Jordan Rinaldi derrotou Jason Knight por decisão unânime dos jurados
Sijara Eubanks derrotou Roxanne Modafferi por decisão unânime dos jurados
Sheymon Moraes derrotou Julio Arce por decisão dividida dos jurados
Lyman Good derrotou Ben Saunders por nocaute no 1R
Matt Frevola x Lando Vannata terminou em empate majoritário dos jurados
Shane Burgos finalizou Kurt Holobaugh com um armlock no 1R
Marcos Pezão derrotou Adam Wieczorek por decisão unânime dos jurados

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade