Horlando Monteiro brilha e conquista ouro duplo no Sul-Americano da IBJJF; veja os resultados completos

Publicado em 19/11/2018 por: Gabriel gabriel
Horlando Monteiro brilha e conquista ouro duplo no Sul-Americano da IBJJF; veja os resultados completos Horlando encaixou triângulo para finalizar na final do peso e na semi do absoluto (Foto Camila Nobre)

publicidade

Entre os últimos dias 16 e 18, o Ginásio José Correia, em Barueri (SP), recebeu o Sul-Americano de Jiu-Jitsu da IBJJF. O domingo – terceiro dos três dias de disputa – foi reservado para as finais do adulto faixa-preta, com destaque para o potiguar Horlando Monteiro, que venceu o torneio na categoria dos meio-pesados e também no absoluto.

Na final da categoria, Horlando enfrentou Eric Medeiros, da Constrictor Team, e conseguiu finalizar com um belo triângulo após fazer transição para a montada. Ele também finalizou com um triângulo na semifinal do absoluto, estrangulando Filipe Pimentel Pinheiro. A final do peso aberto foi contra o amazonense Hygor Brito, da Cícero Costha, e que foi campeão nos pesados. O confronto foi bem disputado e com vitória de Horlando na pontuação.

Entre as mulheres, a única categoria em que houve chaveamento foi o super-pesado.  Joaquina dos Santos e Jéssica Flowers chegaram na final, mas optaram por “fechar”, já que são atletas da Gracie Barra, deixando Joaquina campeã. A situação parecia se encaminhar para algo semelhante no absoluto, mas Joaquina foi derrotada na semifinal por Sábatha Lais, da Ryan Gracie. Na luta final, porém, Jéssica finalizou com uma kimura.

Confira os resultados completos do Sul-Americano da IBJJF, aqui

Veja abaixo um resumo das finais no adulto faixa-preta:

> Masculino

Peso-galo: Aniel Bonifácio (Qatar BJJ) venceu Dalvan da Silva (Zenith BJJ)

Foi uma luta bem movimentada, com pontuações para ambos os lados. Aniel já estava em vantagem quando finalizou com uma botinha, faltando menos de dois minutos para o fim.

Peso-pluma: Rodnei Barbosa (Qatar BJJ) venceu Willian Melo (Alliance)

Em luta monótona, Rodnei conseguiu pontos no início, travou as ações do oponente e fez diversas tentativas de triângulo e armlock. Com as ações controladas, conseguiu a vitória.

Peso-pena: Murilo Guimarães (Alliance) venceu Rafael de Oliveira (Cícero Costha)

A disputa iniciou travada. Na sequência, Murilo conseguiu passar a guarda mais de uma vez e dominou na pontuação antes de montar e finalizar Rafael com um Ezequiel.

Peso-leve: Alexandre Molinaro (Carlson Gracie Jiu-Jitsu) venceu Victor de Matos (Zenith)

Foi o duelo mais travado entre as finais. Molinaro conseguiu a queda e controlou a luta inteira em uma posição lateral. Sem pontuações no tempo regular, Molinaro venceu na decisão dos árbitros, faturando o ouro para o time de Carlson Gracie.

Peso-médio: Alexandre Joaquim (Calasans BJJ) venceu Rodolphe Nery (ZR Team)

Duelo unilateral. Alexandre dominou a luta desde o começo, conseguindo passar a guarda e tomando vantagem na pontuação. Controlou o restante do combate para triunfar.

Peso-meio-pesado: Horlando Monteiro (GD Jiu-Jitsu) venceu Eric Medeiros (Constrictor)

Combate decidido de forma rápida. Horlando trouxe a luta para a guarda e, com muita calma e oportunismo, encaixou o triângulo, conseguiu a apertar e a desistência do rival.

Peso-pesado: Hygor Brito (Cícero Costha) venceu Gerard Labinski (NS Brotherhood)
Luta disputadas e bem apertada. Hygor permaneceu a frente na pontuação desde os momentos iniciais, assegurando a vitória sobre o polonês.

Peso-super-pesado: Hugo Leonardo (ZR Team) venceu Brenno Novaes (Nova União)

Duelo bem equilibrado, com bons momentos para os dois lados, com passagens e tentativas de finalização. Melhor, Hugo Leonardo Ferreira encaixou uma chave de pé e venceu com pouco mais de cinco minutos no relógio para levar o título.

Peso-pesadíssimo: Antônio Assef (GFTeam) venceu Renan Marcel (Morumbi Academy)

Luta morna e sem ação. Por cima na guarda na maior parte do tempo, Antônio conquistou duas vantagens nos minutos finais e venceu após o término do tempo regulamentar.

Absoluto: Horlando Monteiro (GD Jiu-Jitsu) venceu Hygor Brito (Cícero Costha)

Em disputa entre campeões, melhor para Horlando, que dominou a final contra Hygor e saiu vencedor por pontos, garantindo o ouro duplo no Sul-Americano de Jiu-Jitsu.

Campeã do absoluto na faixa-preta, Jéssica Flowers foi o grande nome do Sul-Americano no feminino (Foto Camila Nobre)

RESULTADOS:

– Masculino adulto faixa-preta
Peso-galo: Aniel Bonifácio (Qatar BJJ)
Peso-pluma: Rodnei Barbosa (Qatar BJJ)
Peso-pena: Murilo Guimarães (Alliance)
Peso-leve: Alexandre Molinaro (Carlson Gracie Jiu-Jitsu)
Peso-médio: Alexandre Joaquim (Calasans BJJ)
Peso-meio-pesado: Horlando Monteiro (GD Jiu-Jitsu)
Peso-pesado: Hygor Brito (Cícero Costha)
Peso-super-pesado: Hugo Leonardo (ZR Team)
Peso-pesadíssimo: Antônio Assef (GFTeam)
Absoluto: Horlando Monteiro (GD Jiu-Jitsu)

– Feminino adulto faixa-preta
Peso-leve: Luciane dos Santos Silva (Gracie Barra)
Peso-médio: Éricka Wannessa Almeida (Gracie Barra)
Peso-meio-pesado: Sábatha Laís (Ryan Gracie Team)
Peso-super-pesado: Joaquina dos Santos (Gracie Barra)
Absoluto: Jéssica Flowers (Gracie Barra)

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade