Lesionado, Borrachinha deixa duelo com Romero em 2019; cubano mira Anderson

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 08/11/2018
Lesionado, Borrachinha deixa duelo com Romero em 2019; cubano mira Anderson Paulo Borrachinha revelou que seu próximo adversário deve ser Chris Weidman (Foto Getty Images / UFC)

publicidade

Depois de Yoel Romero se machucar e cancelar a luta com Paulo Borrachinha no UFC 230, que aconteceu no último sábado (3), agora foi a vez do brasileiro ter um imprevisto que impede a realização do combate, que estava sendo planejado para o dia 19 de janeiro, em uma edição do UFC Fight Night. Segundo reportagem divulgada pela ESPN americana, Borrachinha teve uma lesão e não poderá subir ao octógono na data em questão.

Atualmente sétimo colocado no ranking peso-médio da organização, o invicto Borrachinha não luta desde julho, quando nocauteou Uriah Hall no UFC 226. Embalado, uma vitória sobre Romero tinha o potencial de colocá-lo em uma disputa de cinturão na categoria.

Em primeiro no ranking, o veterano Yoel Romero vem de derrota para o campeão Robert Whittaker por decisão dividida, no UFC 225. Na ocasião, o combate não valeu o cinturão da categoria porque Yoel não bateu o peso. Com a lesão de Borrachinha, o cubano estaria de olho em um combate diante do ex-campeão Anderson Silva, que a partir do dia 11 de novembro vai estar liberado para voltar a lutar após cumprir suspensão dada pela USADA.

Se o duelo entre Borrachinha e Romero caiu, o UFC Fight Night 143, marcado para 19 de janeiro, em Nova York (EUA), já teve duas lutas confirmadas. Paige VanZant encara Rachael Ostovich no peso-mosca e Belal Muhammad pega Geoff Neal nos meio-médios.

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade