Em alta no Jiu-Jitsu, Gabrielle Mc Comb analisa duelo contra lutadora do UFC no F2W 95; veja

    Gabrielle Mc Comb terá a experiente Liz Carmouche pela frente no F2W 95 (Foto: Reprodução)

    Lutadora da Gracie Humaitá, Gabrielle Mc Comb recebeu a sonhada faixa-preta em 2018, depois de faturar praticamente tudo como faixa-marrom. Promovida pelo Mestre Fabrício Camões, grande nome do Jiu-Jitsu e com passagem no UFC, Gabrielle recebeu do ex-lutador o “prêmio” por tantos anos dedicados a arte suave. Atleta nata desde os 15 anos, quando já competia, a lutadora acredita que não tem idade para quem deseja praticar a modalidade.

    “Não tem idade e nem limite pra quem quer treinar, você só precisa ter força de vontade, não importa a idade que você tenha. Tendo força e foco, você pode treinar ou fazer qualquer coisa que tiver vontade”, disse a casca-grossa.

    Em um período onde muitos atletas já estão diminuindo o ritmo de treinos no fim de ano, Gabrielle ainda está treinando a todo vapor. Com luta marcada para este sábado (1), no F2W 95, quando enfrentará a lutadora do UFC, Liz Carmouche, em uma luta de grappling em San Diego (EUA0, a lutadora garante estar preparada para vencer e devolver a derrota que já sofreu para a norte-americana.

    “Já lutei com a Liz uma vez, em um campeonato com as mesmas regras, e ela levou a melhor. Não treinava muito No-Gi naquela época, agora que aprendi a gostar, comparado aquele tempo. Já melhorei bastante, as regras são diferentes, mas já estou acostumada”, analisou.

    Campeã do Grand Slam de Los Angeles da UAEJJF esse ano, além de ter faturado o Pan-Americano pela primeira vez na faixa-preta, Gabrielle já está de olho nas principais competições do cenário mundial de Jiu-Jitsu para brilhar em 2019.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome