Aldo recebe desafio de Michael Johnson e pedido de adiamento de Cub Swanson

    O ex-campeão dos penas José Aldo tinha o desejo de retornar ao octógono no dia 26 de janeiro, no UFC 233, na Califórnia (EUA). Um oponente ventilado foi o americano Cub Swanson, que voltaria a enfrentar Aldo dez anos depois do nocaute sofrido em oito segundos no WEC 41. Porém, Swanson usou suas redes sociais para revelar que, apesar de ter aceitado o combate, não pode lutar na data sugerida, pedindo adiamento de um mês.

    “Eu amo esta luta, mas infelizmente alguém falou muito cedo. Não vou lutar no UFC 233, mas estou disposto a fazer isso no dia 17 de fevereiro, na ESPN”, publicou o americano.

    “Nós dois já concordamos em lutar. O que são três semanas? Me dê três semanas”, completou Cub, pedindo o adiamento do possível duelo contra Aldo para fevereiro de 2019.

    Quem também apareceu nas redes sociais disposto a enfrentar o ex-campeão dos penas foi o americano Michael Johnson, vindo de triunfo sobre Artem Lobov em outubro passado.

    “Já que o Cub (Swanson) não pode aparecer na data em janeiro, José Aldo, eu não tenho problema em voltar para a Califórnia”, postou Johnson, que vem de duas vitórias seguidas.

    2 COMENTÁRIOS

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome