Parceiro de Conor McGregor dá show em evento de alto nível do Brave na África do Sul; saiba mais sobre

Frans Mlambo deu show e finalizou seu oponente ainda no primeiro round (Foto divulgação)

Realizado no último sábado (8), o Brave 19 marcou a primeira vez da organização de MMA na África do Sul. E os resultados não poderiam ser melhores para os atletas locais. Na luta co-principal, Frans Mlambo, companheiro do astro Conor McGregor na SBG Ireland, fez as pazes com a vitória ao superar Dansheel Moodley, enquanto a promessa Mark Hulme manteve o retrospecto positivo da casa com um triunfo por decisão sobre Adam Townsend.

Mlambo enfrentaria originalmente Arnold Quero em duelo no peso-leve. O francês de origem congolesa, porém, passou mal no corte de peso e foi vetado de participar do Brave 19. A um dia do evento, Moodley aceitou o desafio e enfrentou “The Black Mamba” no peso-pena. Mlambo, no entanto, não teve problemas para voltar a vencer após duas derrotas consecutivas, superando Moodley com uma guilhotina ainda no primeiro assalto.

Na luta principal, Mark Hulme controlou boa parte das ações contra o também estreante Townsend, dominando o americano em pé e no chão por dois rounds. No último assalto, “Showtime” quase surpreendeu o jovem atleta da casa, mas Hulme manteve o foco e levou sua primeira vitória pelo Brave CF logo em uma luta principal e em seu país de origem.

Agora, o Brave Combat Federation segue com seu plano de organizar 12 eventos em 12 países diferentes em 2018. No próximo dia 22, a promoção retorna à Índia, com um duelo peso-médio entre Sidney Wheeler e Leon Aliu como atração principal. A peso-palha Maria Ribeiro representará o Brasil em Hyderabad, onde vai enfrentar a fera Micol di Segni.

Já no dia 28 de dezembro, o Brave estreia na Arábia Saudita, com Jeremy Kennedy x Marat Magomedov como main event. Três brasileiros a serem anunciados farão parte do show.

RESULTADOS COMPLETOS:

Brave 19
Sun City, na África do Sul
Sábado, 8 de dezembro de 2018

Card principal
Mark Hulme derrotou Adam Townsend por decisão unânime dos jurados
Frans Mlambo finalizou Dansheel Moodley com uma guilhotina no 1R
David Bear derrotou Paweł Kiełek por nocaute técnico no 1R
Carl Booth derrotou Dino Bagattin por nocaute no 2R
Abdul Hussein derrotou Sylvester Chipfumbu por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Gareth Buirski finalizou Cedric Doyle com uma guilhotina no 1R
Carlos Graça derrotou Dimitri Fogg por nocaute técnico no 1R
Nkosi Ndebele derrotou Ahmed Faress por nocaute técnico no 1R
Alex Martinez finalizou Hanru Botha com uma guilhotina no 3R
François Meyer finalizou Jan Paul Ronge com uma guilhotina no 1R

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente
Seu nome