Covington revela proposta para enfrentar Woodley, mas diz: ‘Ele não quer’; entenda

    Colby Covington diz que Woodley está se esquivando do combate (Foto Getty Images / UFC)

    Primeiro colocado no ranking peso-meio-médio do UFC, Colby Covington apareceu no programa The MMA Hour, realizado na última segunda (10), e aproveitou para fazer fortes críticas ao campeão da categoria, Tyron Woodley, com quem deve disputar o cinturão.

    Na entrevista, Colby revelou que há uma proposta do Ultimate na mesa para que os dois se enfrentem no UFC 233, que acontece no dia 26 de janeiro, em Anaheim, na Califórnia (EUA). Seria a primeira luta de Covington no octógono desde junho, quando venceu Rafael dos Anjos de forma dominante e, na ocasião, conquistou o cinturão interino da divisão.

    “Até onde sei, está na mesa (a proposta de luta). Eu lutaria com o Tyron Woodley lá, mas não posso falar o mesmo por ele. Eu sei que não concordamos muito, mas concordamos em uma coisa: nós vamos lutar um contra o outro. Ele quer me socar na cara, mas isso não vai acontecer. Isso aqui move (apontando para a cabeça), ele não pode me dar um soco, ele não vai ser capaz de me tocar. É isso”, disse Colby, que não perde desde 2015.

    Apesar da proposta, Covington também comentou que Woodley está se “esquivando” e não quer defender o cinturão, citando que isso vem acontecendo há algum tempo e travando a divisão nos últimos anos, desde que Tyron se tornou o campeão linear dos meio-médios.

    “O que está acontecendo no peso-meio-médio é o mesmo que vem acontecendo no último ano, ou em dois. Eu estou esperando o UFC me enviar o contrato com o nome do Tyron Woodley, e ele não quer assinar. Ele está se esquivando e esperando. Está tentando escolher espaços. Ele está tentando indo para o TMZ e ter o título como campeão, ele está tentando aparições em Hollywood. Ele não quer lutar, não está aqui para fazer a divisão dos meio-médios grande de novo. É isso o que está acontecendo. Eu espero por ele, nós lutaremos, não me importo”, finalizou o polêmico lutador, parceiro de Woodley na ATT.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome