Pupilo dos irmãos Pitbull nocauteia em evento de MMA na África do Sul e pede revanche pelo cinturão; veja

    Dedinho venceu de forma arrasadora no EFC e quer nova chance pelo título (Foto divulgação)

    O brasileiro José Maurício da Rocha Junior, mais conhecido como Junior Dedinho, só precisou de um minuto para derrotar Conrad Seabi no Extreme Fighting Championship (EFC) 76, realizado no último sábado (8), no Sun Time Square, em Pretoria, na África do Sul. Mesmo sendo convocado para o combate poucos dias antes do evento, o atleta da Pitbull Brothers conseguiu impor o seu jogo para vencer o oponente por nocaute técnico.

    “Talvez o árbitro pudesse deixar correr mais um pouco, mas ele não ia durar muito. Quando ele caiu a primeira vez, ele apagou, fechou os olhos, depois ele voltou. Foi melhor pra ele o árbitro ter parado a luta, porque eu não ia parar de bater. Estou feliz com o resultado e a forma que a luta ocorreu. Não tomei nenhum golpe e consegui terminar a luta rápido. Poderia até fazer outra luta ainda hoje, estou pronto”, declarou Dedinho.

    Com a vitória avassaladora, Dedinho já faz planos para 2019. Ele quer uma nova chance pelo cinturão do EFC. Em setembro, ele teve a oportunidade de disputar o título interino da categoria dos meio-médios, mas foi derrotado de forma polêmica, com os juízes dando a vitória por decisão unânime para o seu adversário, o atleta congolês Gunther Kalunda.

    “Quero a minha revanche pelo cinturão. E, quando tiver a chance, não vou deixar a luta ir para a decisão dos juízes. A temporada do EFC reinicia em março, e espero que eu já possa ter a minha revanche nessa oportunidade. É o que eu desejo”, encerrou Junior Dedinho.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome