Norueguesa vence a 35ª no Boxe, mantém cinturões unificados e desafia Cris Cyborg: ‘Seria grande’

    Invicta em 35 lutas, Cecilia Brækhus é um dos grandes nomes do cenário do Boxe feminino (Foto Getty Images)

    No último sábado (8), a boxeadora norueguesa Cecilia Brækhus derrotou a americana Aleksandra Magdziak Lopes por decisão unânime dos jurados em aguardada luta feminina, mantendo os cinturões do peso-meio-médio da WBA, WBC, IBF, WBO e IBO. O combate marcou a última transmissão de Boxe da HBO nos Estados Unidos: a tradicional emissora americana deixará o ramo da nobre arte depois de mais de 40 anos nas transmissões.

    Empolgada após sua 35ª vitória 35 como profissional, Cecilia passou a mirar em um novo alvo. Em entrevista ao canal Fino Boxing, a invicta atleta de 37 anos pediu por um combate contra Cris Cyborg, campeã do UFC, ressaltando o impacto desta luta para o esporte.

    “Eu acho que seria grande, sou a ‘Primeira Dama’ e acho que ela também. Se os homens fizeram, por que não podemos? Cyborg é uma estrela no MMA, eu tenho um grande nome no Boxe. Isso seria algo global, poderia ser na Noruega, em qualquer país da Europa ou no Brasil. Acho que elevaria as lutas femininas para outro nível”, disse a experiente Cecilia.

     

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome