Lyoto cita camp de um ano para estreia no Bellator: ‘Não entrei para brincar’; veja

    Lyoto Machida fará sua estreia contra o ex-campeão Rafael Carvalho (Foto Getty Images)

    No próximo sábado (15), Lyoto Machida enfrenta o ex-campeão peso-médio Rafael Carvalho em sua estreia no Bellator, que será em Honolulu, no Havaí, pela edição 213 da organização. Em sua primeira luta na nova casa, o ex-lutador do UFC terá o desafio de iniciar a busca pelo cinturão da categoria, que atualmente pertence a Gegard Mousasi.

    “Não entrei no Bellator para brincar”, destacou Lyoto, que se orgulha de ter feito um “camp de um ano” para enfrentar seu compatriota. “Muitas vezes me perguntam sobre o camp e sobre o período mais intenso de preparação para a luta. Busco sempre mostrar que a minha preparação, meu foco e disciplina estão comigo por toda a minha trajetória, desde que iniciei nas artes marciais. Não acredito que o foco no curto prazo é o que gera resultado. O formato do meu treino começou a mudar há um ano e venho trabalhando com dedicação total desde então. Já conquistamos algumas vitórias nesse processo”, afirmou.

    Com foco total em fazer uma boa luta em sua estreia para se manter vivo na briga por uma futura disputa de título, Lyoto se orgulha do treinamento que vem realizando e que vai além da preparação física, ressaltando a alimentação, fisioterapia e o preparo psicológico já conhecido do lutador como diferenciais. Desta forma, mesmo sabendo da pressão que o debute no Bellator oferece, Lyoto foca apenas na sua performance dentro do cage.

    “A pressão sempre vai existir, independentemente do momento, sempre existe uma cobrança interna e externa. Só que essa pressão não entra comigo no octógono, lá dentro vamos ser só eu e o Rafael Carvalho”, apontou Machida, que fez uma passagem pelo Brasil e retomou os treinos com o seu pai, Yoshizo Machida. Seu treinador, Vinicio Antony, optou por trabalhar com um processo personalizado para o atleta.

    “Me sinto preparado para essa luta, quero mostrar o meu melhor e conquistar a minha primeira vitória nessa nova etapa”, finalizou

    4 COMENTÁRIOS

    1. É LAMENTÁVEL VER UM ATLETA DO PORTE DO LYOTO LUTAR NO BELLATOR. E O QUE É PIOR, POR VONTADE PRÓPRIA. ELE DEVERIA TERMINAR SUA CARREIRA DE FORMA HONRADA, NÃO QUERENDO LUTAR EM EVENTOS DE SEGUNDA CLASSE.

      É A MESMA COISA DE UM TIME DE FUTEBOL DE PRIMEIRA LINHA QUERER JOGAR NA SEGUNDA DIVISÃO PORQUE NÃO CONSEGUE MAIS SER CAMPEÃO NA PRIMEIRA. ANTES VIA O LYOTO COMO UM SAMURAI, HOJE O ENXERGO COMO UM OPORTUNISTA.

    2. No fundo o Lyoto sabe que é praticamente impossível recuperar o cinturão no UFC e mais difícil ainda ficar alternando entre as categorias do peso médio e meio-pesado pq já está em fim de carreira.
      Agora a notícia mais decepcionante é que ele vai acabar cruzando com o Mousasi e tomar outra coça ou pior, ser nocauteado por um desconhecido…

      Depois que pegaram pesado com a nova política antidoping vários lutadores tiveram que se adequar a nova realidade apenas com alimentação e suplementação normal não conseguindo mais impor o seus reinados. A maioria das lendas desmoronaram e lutadores medíocres como Bisping, ColbyCovington, Cejudo e até Khabib se tornaram campeões do UFC por sorte ou amarração no jogo de quedas.

      Triste realidade pra quem gosta de ver nocautes com lutas de verdade, porém, boa realidade pra essa nova geração que pensa que entende de luta que adoram assistir lutas agarradas, entediantes e vitória com o regulamento debaixo do braço achando o máximo bajulando esses lutadores sem graça.

    3. o moussasi ja esta coroa tambem o lyoto ainda tem o melhor contra taque da divisao vai ser luta de cachorros grandes e velhos kkk os coroas tem algo mais a experiencia kk

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome