Artigo: confira os benefícios da prática do Judô para a saúde física e mental dos adolescentes

Coach Renata Carvalho, atleta Renan chagas, Sensei Jorge Rocha e professor Vinicius Gahyva (Foto: Divulgação)

O Judô é uma arte marcial de origem japonesa. O significado do termo é “caminho suave”. E, na prática, a modalidade integra o desenvolvimento da mente, do espírito e do físico, além de ser uma técnica de defesa pessoal. Apesar de ser considerada uma arte marcial, pessoas de todas as idades, homens e mulheres, podem praticar e aproveitar os benefícios proporcionados pelo esporte.

O Judô tem como principal filosofia a plena sintonia física, mental e espiritual. Sua metodologia envolve bastante contato físico e técnicas voltadas para a imobilização e autodefesa. Esse esporte emprega uma grande diversidade de movimentos velozes somados a estratégias sagazes de raciocínio na busca de desestabilizar o adversário.

Para se ter uma idéia da importância do Judô, essa luta marcial, que é também um esporte olímpico, foi classificada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), como a melhor atividade esportiva para formação inicial de crianças e jovens entre 4 e 21 anos. É importante conjugar fatores essenciais para o desenvolvimento do indivíduo, como por exemplo, a coordenação de movimentos, a psicomotricidade, o equilíbrio, a expressão corporal e a situação espacial. O Judô transcende sua relação didática e pedagógica, e o alcance desta modalidade pode ir além por ser um dos esportes olímpicos mais praticados. Favorece também a sua prática por deficientes visuais, autistas e portadores da Síndrome de Down, dentre outras peculiaridades.

São notórios os inúmeros benefícios da prática do Judô na saúde física e mental dos seus praticantes, especialmente na adolescência, por se tratar de uma fase tão peculiar na vida de qualquer sujeito. Nesta fase, ocorrem várias mudanças a nível biológico, cognitivo, social e emocional, que origina desafios, transições, crises e necessidades específicas. Existe também uma oscilação do humor, preocupação excessiva com a aparência, conflito com os pais, inseguranças, alterações hormonais, necessidade de ser aceito pelo grupo entre outras questões específicas da adolescência. Deste modo, o Judô entra como um grande aliado na formação do adolescente, englobando aspectos físicos, mentais e na formação do indivíduo dentro e fora dos tatames.

Podemos destacar como principais benefícios físicos do Judô os seguintes aspectos: a queima de calorias e a ativação do metabolismo do adolescente, a ajuda numa melhor respiração, fazendo com que o praticante se concentre no ritmo da inalação e respiração, otimizando a ventilação pulmonar. O sistema cardiovascular também melhora, uma vez que a prática favorece a circulação sanguínea, prevenindo hipertensão e outras patologias cardíacas. O Judô melhora o equilíbrio corporal, aumenta a elasticidade dos músculos e a flexibilidade das articulações. Além disso, esta arte marcial regula a função do sistema digestivo, tonifica os órgãos ,como fígado e pâncreas, fortalece a memória e aumenta a resistência a dor.

No entanto, do ponto de vista emocional e psíquico, a contribuição é ainda maior. A prática deste esporte desenvolve o raciocínio, contribui para o aperfeiçoamento do reflexo, desenvolve equilíbrio mental, reforça o caráter e a moral com ensinamentos e valores milenares, otimiza as habilidades psicomotoras, ensina os jovens a respeitar os companheiros, promove a socialização, melhora a capacidade de comunicação, ensina a conviver e respeitar as diferenças, auxilia na questão da timidez e aumenta a percepção corporal, contribuindo para autoconfiança.

O Judô é uma excelente escola para aumentar o respeito em relação aos outros e a si mesmo, sendo um esporte ideal para superar a timidez, pois ajuda a perder o medo do contato com as pessoas diferentes e a expressar-se através de seu próprio corpo, proporcionando um aumento na confiança das próprias habilidades. Este esporte também é excelente para controlar a agressão, fazendo com que o praticante aprenda a canalizar e controlar sua agressividade. Vale ressaltar que um dos benefícios principais do Judô refere-se ao aumento da autoestima, pois contribui para autoconfiança, fomenta o otimismo e bom humor.

Todos esses benefícios proporcionados pelo Judô são observados pela equipe da Budokan Judô Itaipu, através do desenvolvimento dos seus alunos. Segundo o Sensei Jorge Rocha, faixa preta, 5° DAN, coordenador desta renomada escola, o que fica de mais importante para os jovens com a prática do judô é a disciplina que o esporte proporciona, saber vencer e aprender a perder e ter o conhecimento que não existe sucesso sem sacrifício. Além disso, o Sensei destaca como grandes benefícios físicos do Judô o desenvolvimento da coordenação motora e o aumento da força física. Acredita que o atleta deste esporte tem que ser diferenciado, tendo pernas, braços, articulações e mãos muito fortes.

Para Rodrigo Rocha, faixa preta 2° DAN, técnico e preparador físico do Instituto Reação, professor e preparador físico da Budokan Judô Itaipu, o Judô é uma ferramenta educacional poderosa, que desenvolve o lado cognitivo, afetivo e motor do praticante em uma progressão geométrica.

Já Vinicius Gahyva, o faísca, professor faixa preta 4 graus de Jiu-Jitsu, faixa marrom de Judô e professor de Wrestling, enfatiza a disciplina e a concentração como os maiores benefícios mentais proporcionados pelo Judô e na parte física destaca o aumento da coordenação motora, agilidade, equilíbrio e flexibilidade.

Vale destacar que os três profissionais acima mencionados são professores do atleta Renan Chagas 15 anos, meu cliente de Coaching Esportivo, faixa roxa de Judô, que representa a Budokan Judô Itaipu. Renan começou a praticar Judô aos 9 anos e é considerado por toda sua equipe uma grande promessa dentro do esporte. Renan destaca como maiores benefícios: concentração, agilidade, melhor capacidade respiratória, e melhor interação social com as pessoas.

Não há dúvidas da importância do Judô para a saúde física e mental de seus praticantes. Trata-se de um esporte que beneficia seus adeptos de forma integral, enriquece a capacidade de cada indivíduo se desenvolver de forma harmoniosa e oferece ferramentas necessárias para treinar o corpo, enquanto ajuda na formação do caráter, proporcionando equilíbrio consigo mesmo e com os outros.

E você, leitor e praticante de Judô, quais os benefícios que este esporte trouxe para sua vida de forma geral? Conte-me sua experiência me enviando um e-mail através de (psiespinola@gmail.com) ou um direct no meu Instagram (@renatacarvalho_ coach).

* Renata Carvalho é Psicóloga clínica, Coach Esportiva de alta performance, Consultora da Academia CT Brasil e da CMT

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente
Seu nome