Dominick Cruz relata sentimento após nova lesão e cirurgia: ‘Tristeza extrema’

    Dominick Cruz sofreu nova lesão e fará cirurgia no ombro (Foto: Getty Images)

    Ex-campeão dos galos do UFC, Dominick Cruz fez sua primeira aparição na imprensa depois da lesão no ombro que o removeu do combate que faria contra o brasileiro John Lineker, no UFC 233, que aconteceria no dia 26 de janeiro. O americano participou do programa Ariel Helwani’s MMA Show, na última segunda-feira (17).

    Na entrevista, Cruz falou que a lesão no ombro necessitará de uma cirurgia e ele precisará ficar cerca de um ano sem lutar. Vale lembrar que a última vez em que ele esteve em combate foi em dezembro de 2016, quando perdeu para Cody Garbrandt.

    “Eu fiz tudo de forma cuidadosa para ter certeza que estaria pronto para esta luta. Comecei a fazer sparring e no final do segundo round, lancei um overhand de direita e senti um clique no meu ombro, e os meus dedos adormecerem. Ali, eu sabia que tinha separado o ombro, porque você não pode ter fluxo sanguíneo com seus dedos dormentes, a não ser que seja uma lesão prejudicial. Parei imediatamente, saí do treino e fui para o médico sabendo que tinha lesionado o ombro”, detalhou Dominick.

    Cruz também comentou os sentimentos após mais uma lesão para a carreira. O lutador já passou por diversas cirurgias no joelho e chegou a ficar três anos sem lutar. Ele não conseguiu disfarçar a tristeza em mais uma pausa na carreira.

    “Com tudo isso dito, o que sinto é tristeza, tristeza extrema, para ser sincero. Machuca. Eu quero chorar, mas sei que é uma longa estrada que tive, já passei por isso antes, já tive lesões. Você pode me atacar da forma que quiser nesta situação, mas não me bate e nunca vai me bater. É parte da minha jornada e do meu legado. Quantas pessoas tem problemas na vida e se levantam? A vida não é diferente da luta, por isso que amo lutar tanto. O esporte é uma metáfora da vida, você nunca desiste da vida. Quando você desiste do esporte é exatamente quando você desiste da vida”, finalizou.

    1 COMENTÁRIO

    1. Nossa coitado desse cara, se lesiona até espirrando, acho as lutas dele super legais, pena q nunca vai conseguir se manter no auge com tantas lesões seguidas

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome