Nathiely exalta títulos mundiais e crescimento do Jiu-Jitsu feminino: ‘Estamos ganhando espaço’

    Nathiely Jesus levou o título nos meio-pesados ao vencer Andresa Correa na final (Foto Lisa Pics)
    Nathiely Jesus faturou os Mundiais com e sem quimono em 2018 (Foto Lisa Pics)

    Aos 22 anos, Nathiely Jesus vive grande fase no Jiu-Jitsu. Em junho deste ano, a faixa-preta capturou o ouro no Mundial e, há duas semanas, repetiu o feito na Califórnia, só que desta vez foi para conquistar o Mundial No-Gi, também da International Brazilian Jiu-Jitsu Federation (IBJJF).

    Nathiely, que vive e treina em San Antonio, no Texas, analisa a vitória no Mundial No-Gi e o que fez diferença na nova conquista.

    “Esse ano foi muito bom para mim. Consegui ser campeã nas maiores competições, fiquei de fora do Mundial de Abu Dhabi por conta do meu visto, mas graças a Deus nos outros campeonatos consegui sair com a vitória. É bem diferente sem quimono para mim, pois meu jogo muda bastante por conta das pegadas. Mas no fim, entrei concentrada e deu tudo certo. Conquistei dois títulos mundiais na faixa-preta esse ano, com e sem quimono, ambos pela IBJJF”, contou Nathi, antes de destrinchar o caminho que usou para vencer Maria Malyjasiak na finalíssima pelo ouro, na divisão peso pesado.

    “Eu tinha lutado com ela um dia antes ,onde havia conseguido a finalização. Então, para a final no outro dia, eu estava bem confiante. Ela conseguiu fazer um anti jogo muito bom, anulando algumas posições. Mas o tempo todo eu tentei ser agressiva, para ficar na frente até o final da luta”, comentou a faixa-preta.

    Além das conquistas pessoais, a lutadora está feliz por ver o crescimento do Jiu-Jitsu feminino a cada ano, principalmente, nas competições.

    “Muito irado ver que as meninas estão se dedicando e chegando num nível muito alto no esporte. Aos poucos estamos ganhando nosso espaço e mostrando a força do Jiu-Jitsu feminino”, encerrou.

    Tricampeã mundial na faixa-preta, Nathiely deve voltar a lutar no Europeu, agendado para janeiro, em Odivelas, Portugal.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome