Greg Hardy assume culpa após desclassificação no UFC Brooklyn e diz: ‘Estraguei tudo’; veja como foi

    Greg conheceu sua primeira derrota no MMA através de uma desqualificação (Foto Getty Images / UFC)

    Ex-jogador da NFL, Greg Hardy estreou no UFC no último sábado (19) e com bastante expectativa. Porém, o peso-pesado americano foi desclassificado em seu duelo contra Allen Crowder, válido pelo UFC Fight Night 143, após aplicar uma joelhada ilegal.

    Na coletiva de imprensa após o evento, Hardy comentou o lance, justificando a desclassificação por um erro de cálculo e sua falta de experiência: ele tem quatro lutas.

    “Ele estava levantando. Foi inexperiência e falta de cálculo. Eu tentei acertar o tempo do jeito que o Donald Cerrone fez, e achei que era a coisa certa no momento, mas não era. Eu estraguei tudo”, disse Greg, que começou em 2017 e perdeu no MMA pela primeira vez.

    Hardy, que é conhecido por um caso de violência doméstica nos Estados Unidos, assumiu total culpa pelo incidente, dizendo que decepcionou todos ao seu redor e que não teve a intenção de aplicar um golpe ilegal em Allen Crowder. A luta terminou com vitória do rival.

    “Eu fui construído pra isso. Fui feito para isso e desapontei as pessoas. Desapontei minha academia, minha equipe e sabe? Isso é chato. Não queria que fosse assim. É chato para o Allen Crowder, em ser nocauteado desse jeito, independente do que ele acha de mim. Assumo total responsabilidade por isso, não é algo que fiz de propósito. Qualquer um que já me conheceu ou me acompanha sabe que não é algo que eu faria. Queria que voltássemos lá e tivesse o terceiro round”, declarou o atleta peso-pesado de 30 anos.

    Veja o lance da desclassificação abaixo:

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome