Agente diz que Khabib só volta a lutar em novembro, após sentença da NAC

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 30/01/2019

publicidade

Na terça-feira (29), Khabib Nurmagomedov e Conor McGregor foram julgados pela Comissão Atlética de Nevada (NAC). Condenado por “iniciar a briga generalizada” no UFC 229, em outubro passado, o campeão peso-leve recebeu o gancho mais pesado em comparação ao irlandês. Uma multa de US$ 500 mil (cerca de R$ 1,8 milhão) e nove meses de suspensão – sendo retroativa a data do evento. Porém, o prazo de punição pode reduzir para seis meses, caso “The Eagle” participe de um programa antibullying.

Khabib não planeja retornar nem tão cedo ao octógono. Segundo Ali Abdelaziz, empresário do russo, “The Eagle” não gostou da punição de um ano imposta pela Comissão Atlética aos seus companheiros de treino Zubaira Tukhugov e Abubakar Nurmagomedov, que também participaram da confusão generalizada no UFC 229. Desta maneira, o lutador pretende voltar a lutar somente em novembro, no Madison Square Garden, em Nova York (EUA).

“Ele terminou sua relação com (Las) Vegas por dar aos seus amigos uma punição tão severa. Ele ama o MSG (Madison Square Garden). Muitos de seus fãs vivem por lá, e Nova York sempre foi boa para ele. Ele sente falta de lutar lá”, disse o agente à ESPN.

Em 2016, no UFC 205, o primeiro em Nova York após cair o veto de proibição do MMA no estado, Khabib enfrentou Michael Johnson e venceu por decisão unânime. Campeão peso-leve do UFC, o russo ostenta um incrível cartel de 27 vitórias e nenhuma derrota.

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade