Cejudo atropela Dillashaw em 32s e fica com título dos moscas no UFC Brooklyn

Publicado em 20/01/2019 por: Nilmon
Cejudo atropela Dillashaw em 32s e fica com título dos moscas no UFC Brooklyn

publicidade

O primeiro evento do UFC em 2019 entrou para a história. Realizado no Brooklyn, em Nova York (EUA), neste sábado (19), o UFC Fight Night 143 viu o campeão dos moscas Henry Cejudo defender seu cinturão em grande estilo. O aguardado combate contra o campeão dos galos TJ Dillashaw foi encerrado em apenas 32 segundos, com uma impressionante vitória de Henry por nocaute técnico e, consequentemente, a manutenção do seu título.

Representando o Brasil, Glover Teixeira, Ariane Lipski e Vinícius Mamute entraram em ação, mas apenas Glover saiu vitorioso ao finalizar Karl Roberson com um katagatame.

Henry Cejudo atropela Dillashaw em 32 segundos

A aguardada superluta durou menos de um minuto. Cejudo aproveitou um erro de Dillashaw e soltou uma forte esquerda que o derrubou. Henry, então, partiu pra cima com tudo e utilizou seu ground and pound para encerrar a luta com apenas 32 segundos do primeiro round, se tornando a quinta disputa de cinturão mais rápida da história do UFC.

Henry Cejudo precisou de 32 segundos para nocautear Dillashaw na luta principal (Foto Getty Images / UFC)

Greg Hardy é desclassificado em estreia no UFC

Foi com uma desclassificação que o polêmico Greg Hardy estreou no UFC – pelo co-main event. O ex-jogador da NFL aplicou uma joelhada ilegal em Allen Crowder e foi desclassificado do combate no segundo round. A luta foi fraca tecnicamente, e Hardy vinha vencendo até nocautear Crowder com uma joelhada enquanto ele estava em quatro apoios.

Paige VanZant finaliza Rachael Ostovich em retorno

Outro momento de destaque no evento foi o retorno de Paige VanZant. Após um ano parada por conta de uma lesão, ela finalizou Rachael Ostovich com um armlock. Ostovich, que lutou pela primeira vez após sofrer grave caso de violência doméstica, começou melhor, mas VanZant cresceu no segundo assalto e conseguiu a finalização.

Glover Teixeira realizou grande reviravolta para vencer sua luta em Nova York (Foto Getty Images / UFC)

Glover Teixeira brilha e vira luta com Karl Roberson

Depois de quase ser nocauteado, o mineiro Glover Teixeira conquistou uma vitória impressionante sobre Karl Roberson. Glover sofreu fortes cotoveladas ao tentar uma queda e esteve próximo de ser nocauteado, mas utilizou o seu afiadíssimo Jiu-Jitsu para se desvencilhar da situação, encaixando um katagatame e vencendo no primeiro assalto.

Donald Cerrone vence batalha contra Hernandez

A melhor luta do card preliminar teve o veterano Donald Cerrone conseguindo uma impressionante vitória sobre Alexander Hernandez. Retornando ao peso-leve, Cerrone não era o favorito para o combate, mas provou porque é um dos lutadores mais queridos dos fãs. Ele trouxe a luta para a troca de golpes, onde foi superior a Hernandez em todos os momentos. O nocaute era questão de tempo e veio no segundo assalto, após um chute que levou Alexander ao chão, e ground and pound até a interrupção por parte do árbitro.

Cerrone teve atuação de gala e não deu chances para Alexander Hernandez (Foto Getty Images / UFC)

Joanne Calderwood surpreende e bate Ariane Lipski

Sem tomar conhecimento do favoritismo da brasileira Ariane Lipski, a escocesa Joanne Calderwood registrou uma vitória por decisão unânime dos juízes. Calderwood surpreendeu a brasileira, mostrando bastante versatilidade no chão, conseguindo quedas e buscando finalizações. Lipski, que estreou no UFC, não conseguiu impor o seu agressivo jogo na trocação, e viu a adversária levar o combate na sua primeira vez no octógono.

Vinícius Mamute é nocauteado no primeiro round

A estreia de Vinícius Mamute no UFC não foi das melhores. O meio-pesado brasileiro acabou nocauteado ainda no primeiro round pelo americano Alonzo Menifield. Mamute levou um knockdown logo nos segundos iniciais e não suportou a pressão de Menifield, que conseguiu mais um knockdown e encerrou o combate no primeiro assalto, seguindo invicto.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Fight Night 143
Brooklyn, em Nova York (EUA)
Sábado, 19 de janeiro de 2019

Card principal
Henry Cejudo derrotou TJ Dillashaw por nocaute técnico no 1R
Allen Crowder derrotou Greg Hardy por desclassificação no 2R
Gregor Gillespie derrotou Yancy Medeiros por nocaute técnico no 2R
Joseph Benavidez derrotou Dustin Ortiz por decisão unânime dos jurados
Paige VanZant finalizou Rachael Ostovich com um armlock no 2R
Glover Teixeira finalizou Karl Roberson com um katagatame no 1R

Card preliminar
Donald Cerrone derrotou Alexander Hernandez por nocaute técnico no 2R
Joanne Calderwood derrotou Ariane Lipski por decisão unânime dos jurados
Alonzo Menifield derrotou Vinicius Mamute por nocaute no 1R
Cory Sandhagen finalizou Mario Bautista com um armlock no 1R
Dennis Bermudez derrotou Te Edwards por decisão unânime dos jurados
Geoff Neal derrotou Belal Muhammad por decisão unânime dos jurados
Chance Rencountre finalizou Kyle Stewart com um mata-leão no 1R

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade