Fedor cita ‘lesões’ e fala sobre encerrar a carreira após final do GP: ‘Estou pensando em me aposentar’

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 24/01/2019
Fedor cita ‘lesões’ e fala sobre encerrar a carreira após final do GP: ‘Estou pensando em me aposentar’

publicidade

Apontado como o maior peso-pesado da história do MMA por determinados fãs e especialistas, Fedor Emelianenko pode conquistar mais um cinturão no próximo sábado (26). O russo vai encarar Ryan Bader na final do GP dos Pesados do Bellator. Aos 42 anos, o ex-campeão do Pride não descarta se aposentar, mesmo em caso de vitória.

“Para dizer a verdade, na idade que estou agora, mais e mais estou pensando em me aposentar. Mas estou disposto a descansar um pouco e depois decidir (sobre aposentadoria)”, disse o russo em um encontro com a imprensa em Hollywood (EUA).

Fedor se aposentou a primeira vez em 2012 após derrotar o brasileiro Pedro Rizzo por nocaute. Em 2015, decidiu retornar e, desde então, são quatro vitórias e apenas uma derrota para Matt Mitrione, em sua estreia no Bellator, em junho de 2017.

Em 2018, Emelianenko venceu Frank Mir e Chael Sonnen por nocaute, ambos pelo GP dos Pesados. Durante o bate-papo com a imprensa, Fedor citou as lesões como fator determinante para encerrar a carreira: “Não é porque eu não quero lutar. É por causa da idade e das lesões que eu tenho”, encerrou o lutador que pode se despedir no sábado.

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade