Marreta fala sobre caso de Jon Jones e manda recado para adversário: ‘Esteja preparado para sentir dor’

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 29/01/2019

publicidade

Por Mateus Machado

Após a “estreia oficial” na categoria meio-pesado nocauteando Jimi Manuwa no segundo round em dezembro do ano passado, pelo UFC 231, Thiago Marreta vai para mais um desafio na organização. O brasileiro, atual sétimo colocado no ranking da divisão, vai encarar o polonês Jan Blachowicz – em quinto na lista – na luta principal do UFC Praga, que acontece no próximo dia 23 de fevereiro, na República Tcheca.

Em alta no Ultimate, o brasileiro ganhou moral e impressionou ao fazer cinco lutas em 2018. Agora, além de manter o bom ritmo, Marreta mira o seu grande sonho na carreira: ser campeão no UFC. Para isso, subiu de categoria e quer “passar por cima” de Blachowicz para seguir firme em busca do seu objetivo.

“Espero que ele (Jan Blachowicz) esteja preparado para sentir dor. Eu darei o meu melhor dentro do octógono e vou trazer a vitória para seguir sonhando pelo título nessa categoria”, disse o carioca.

Confira a entrevista completa com Thiago Marreta:

– De certa forma te surpreendeu já aparecer no ranking meio-pesado?

Não foi surpresa para mim (aparecer na sétima posição do ranking meio-pesado). Eu venci o sétimo (Jimi Manuwa) e normalmente é o que acontece. Você ocupa a vaga do cara que vence, e foi o que aconteceu. Fiquei feliz por já aparecer no ranking depois da minha primeira luta no meio-pesado, mas era algo que já esperava em caso de vitória.

– O que você espera do seu adversário para essa luta?

Espero que ele (Jan Blachowicz) esteja preparado para sentir dor. Eu darei o meu melhor dentro do octógono e vou trazer a vitória para seguir sonhando pelo título nessa categoria.

– Como aliar força e movimentação com a subida de peso?

Estou trabalhando justamente para não perder uma das coisas que tenho de melhor, que é a velocidade e a movimentação nas minhas lutas Então, meus fãs podem ficar tranquilos que não vou perder essas características e podem esperar mais nocautes, pois a força só aumentou.

– Treinos com Cara de Sapato e Junior Cigano

Estamos fazendo treinos juntos aqui na American Top Team e trocando experiências. Tenho certeza que isso pode acrescentar muito no jogo de cada um, pois temos habilidades diferentes, estamos nos ajudando e está sendo muito produtivo. Cada um só tem a ganhar com isso.

– Em caso de vitória, você já planeja enfrentar alguém do Top 3?

Meu próximo adversário é o quarto no ranking da categoria meio-pesado. Com isso, já estou enfrentando um Top 5 da divisão. Em caso de vitória, vamos ver o que o UFC tem para mim, mas estou muito esperançoso em me aproximar de uma disputa de título com uma boa sequência de vitórias.

– Casos recentes de doping do campeão Jon Jones

É muito simples… É só você pensar em alguns brasileiros que foram pegos, e até provaram inocência logo depois. Eles tiveram o mesmo tratamento que o Jon Jones vem tendo? Eu acho que deveria ser igual para todos, mas infelizmente sabemos que não funciona dessa maneira.

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade