Joanna confirma volta ao peso palha, cita revés para Shevchenko e projeta retomada do cinturão: ‘Quero o título’

    Joanna Jedrzejczyk vai retornar ao peso palha e quer retomar cinturão (Foto Jeff Bottari / Zuffa LLC)

    Sem sucesso em sua última luta, quando subiu de categoria para enfrentar Valentina Shevchenko pelo título peso-mosca no UFC 231, em dezembro do ano passado, Joanna
    Jedrzejczyk já está planejando seu retorno ao octógono, mas em sua divisão de origem.

    Derrotada por decisão unânime por Valentina, a ex-campeã peso-palha passa por um período de retiro, conforme revelou em Media Day da organização na Austrália – segundo o site MMA Junkie. Joanna ainda garantiu que voltará para a categoria dos palhas.

    “Eu vou descer para o peso palha. Eu preciso de algum tempo para refrescar meu corpo, refrescar minha mente e sentir o fogo de novo. As pessoas me definem como atleta depois das minhas vitórias ou das derrotas, mas eu faço ótimos camps. Eu tenho trabalhado muito nos últimos anos e voltarei mais forte”, projetou a polonesa, que apesar do revés, se disse satisfeita com sua atuação diante de Shevchenko, uma adversária maior e mais forte.

    “Estou muito feliz que eu consegui enfrentar a Valentina Shevchenko e não senti o poder de seus socos, mas definitivamente senti o poder do seu clinch. Estou orgulhosa de mim mesmo, lutei bem. Ela não quebrou meu rosto, mas definitivamente, se eu quiser competir no peso mosca, preciso ganhar músculos e mais força”, complementou Jedrzejczyk.

    Sobre o seu futuro na divisão dos palhas do UFC, que atualmente tem Rose Namajunas como campeã, Joanna disse que espera por uma nova oportunidade de disputar o título o quanto antes, mesmo que tenha que fazer uma luta primeiro, e confirmou que estará no Brasil para assistir à disputa entre Namajunas e a brasileira Jéssica Bate-Estaca.

    “Estava ficando brava com a Rose (Namajunas). Claro que ela é a campeã, mas é uma campeã muito ocupada. Você não pode esperar, tem que defender o seu cinturão pelo menos uma vez por ano, por isso fiquei muito feliz quando soube da luta (contra Bate-Estaca). Eu com certeza estarei no Brasil para acompanhar essa disputa ao vivo”, disse.

    “Eu não sei quem será minha próxima adversária, mas quero lutar pelo cinturão. Posso fazer uma luta antes, mas quero o título”, encerrou a ex-campeã peso-palha do Ultimate.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome