Whittaker defende título contra Gastelum no UFC 234; Anderson e Adesanya fazem duelo decisivo

    Robert Whittaker defende o cinturão dos médios contra Kelvin Gastelum neste sábado (Foto: Getty Images)

    Marcado para acontecer neste sábado (9), em Melbourne, na Austrália, o UFC 234 promete ser mais um evento de alto nível para os fãs de MMA. Na luta principal da edição, o campeão peso-médio Robert Whittaker defenderá seu título diante do desafiante Kelvin Gastelum. Na luta co-principal, Anderson Silva retorna ao cage do Ultimate para enfrentar a sensação nigeriana Israel Adesanya, onde o vencedor deverá ser o próximo desafiante ao cinturão da categoria até 84kg.

    Além de Anderson, o card contará com a participação de outros três brasileiros. No peso-galo, Rani Yahya vai enfrentar Ricky Simon. Nos moscas, vindo do Contender Series, Raulian Paiva fará sua estreia na organização diante de Kai Kara-France. Quem também fará seu debute é Marcos Mariano, que terá Lando Vannata pela frente nos leves.

    Whittaker e Gastelum medem forças pelo cinturão

    Com 28 anos, Robert Whittaker partirá para mais uma defesa de titulo no peso-médio. Vivendo a melhor fase de sua carreira, embalado por uma ótima sequência de nove vitórias consecutivas, sendo as duas últimas em batalhas vencidas contra Yoel Romero, o australiano lutará com o apoio da torcida local, no entanto, terá um duro desafio pela frente. Isto porque, do outro lado, estará a pedreira Kelvin Gastelum, que se credenciou à disputa de cinturão após os triunfos conquistados sobre Michael Bisping e Ronaldo Jacaré.

    Anderson retorna em duelo decisivo

    Sem lutar desde fevereiro de 2017, quando derrotou Derek Brunson no UFC 208, Anderson Silva vai para o “tudo ou nada” no UFC. Isso se aplica pelo fato do presidente da franquia, Dana White, já ter afirmado que, caso vença Israel Adesanya, o “Spider” será o próximo desafiante ao cinturão dos médios. No entanto, recentemente, o mandatário também declarou que uma derrota por nocaute pode representar a aposentadoria do brasileiro.

    Anderson Silva e Israel Adesanya se enfrentam no co-main event do UFC 234 (Foto: Getty Images)

    Enquanto Anderson vive uma espécie de dilema, Adesanya colhe os frutos de uma carreira promissora. Invicto no MMA, com 15 vitórias, o nigeriano de 29 anos contabiliza quatro triunfos consecutivos no UFC, o último sobre Brunson, ainda no primeiro round. Desta forma, uma vitória sobre o lendário “Spider” pode colocá-lo, de vez, nos holofotes.

    CARD COMPLETO:

    UFC 234
    Melbourne, na Austrália
    Sábado, 9 de fevereiro de 2019

    Card principal
    Peso-médio: Robert Whittaker x Kelvin Gastelum
    Peso-médio: Israel Adesanya x Anderson Silva
    Peso-galo: Rani Yahya x Ricky Simón
    Peso-mosca: Montana de la Rosa x Nadia Kassem
    Peso-meio-pesado: Jim Crute x Sam Alvey

    Card preliminar
    Peso-leve: Devonte Smith x Ma Dong Hyun
    Peso-pena: Austin Arnett x Shane Young
    Peso-mosca: Kai Kara-France x Raulian Paiva
    Kyung Ho Kang finalizou Teruto Ishihara com um mata-leão no 1R
    Peso-leve: Lando Vannata x Marcos Rosa
    Jalin Turner derrotou Callan Potter por nocaute técnico no 1R
    Jonathan Martinez derrotou Wuliji Buren por decisão unânime dos jurados

    1 COMENTÁRIO

    1. Anderson Silva apesar de sua história no M.M.A. vai levar um nocaute e cair com a mão aberta já pra pegar o cheque. Ou ele aposenta ou pega alguém que seja parelha pro nível e idade em que se encontra. Aí sim poderia fazer lutas até interessantes. Mas essa de hoje está meio desproporcional. Mas vamos ver, tudo pode acontecer no octógono. Mas eu acho improvável chegar até o final.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome