Bellator 216: Page supera Daley e avança em GP dos Meio-Médios; Cro Cop vence estreia

    Duelo entre Page e Daley não foi o esperado, mas ainda assim bastante equilibrado (Foto Bellator MMA)

    Cercado de expectativas, o Bellator 216 começou animado, com quatro finalizações em sete lutas no card preliminar – além de dois nocautes técnicos. Porém, a sequência do evento realizado no último sábado (16), em Uncasville, Connecticut (EUA), deixou a desejar. Quem esperava nocautes fulminantes nas lutas principais se enganou, e praticamente todos os confrontos foram decididos pelas mãos dos jurados. No main event, Michael Page derrotou Paul Daley por decisão unânime e avançou no GP dos Meio-Médios.

    Antes, Mirko Cro Cop, Cheick Kongo e Yaroslav Amosov também venceram seus duelos, todos por unanimidade, contra Roy Nelson, Vitaly Minakov e Erick Silva, respectivamente.

    Page supera Daley em duelo tático

    Trocadores natos, Michael “Venom” Page e Paul Daley surpreenderam em um combate tático e baseado no grappling na luta principal do Bellator 216. Recheado de quedas e transições no solo, o confronto só foi definido após cinco rounds, pela decisão dos jurados.

    O resultado final foi um triplo 48 a 47 para Page, que avança no GP dos Meio-Médios da organização e, na próxima fase, pelas semifinais, irá enfrentar o brasileiro Douglas Lima. O triunfo por unanimidade também mantém MVP invicto no MMA, agora com 14 vitórias.

    Cro Cop e Kongo vencem mais uma

    No co-main event, pela divisão dos pesados, Mirko Cro Cop e Roy Nelson fizeram uma revanche de 2011, quando ambos ainda lutavam pelo UFC. O desfecho, porém, foi diferente. Se no primeiro encontro Nelson superou o croata por nocaute técnico no terceiro round, desta vez Cro Cop soube dominar as ações para sair vencedor por decisão unânime.

    A luta marcou a estreia de Cro Cop no Bellator e foi muito disputada, com bons momentos para ambos. Enquanto Nelson apostava no clinch e seu poder de nocaute, o croata usou a maior envergadura para conectar bons golpes, com alguns dos seus tradicionais chutes altos, e capitalizou o décimo triunfo consecutivo. “Big Country” perdeu a terceira seguida.

    Cro Cop venceu revanche contra Roy Nelson em sua estreia no Bellator, pelo peso pesado (Foto Bellator MMA)

    Antes, também pela divisão dos pesados, Cheick Kongo teve trabalho contra o ex-campeão Vitaly Minakov, mas ainda assim conquistou mais uma vitória, sua oitava em sequência pela organização. O duelo não foi dos melhores, com Kongo “fugindo” do russo no cage, enquanto Minakov buscava pressionar. Em um contra-ataque, Cheick balançou Vitaly no segundo round e abriu caminho para o triunfo por decisão unânime dos jurados.

    O resultado aproxima o francês de um title shot contra o atual campeão Ryan Bader, vencedor do GP dos Pesados recentemente, quando superou a lenda Fedor Emelianenko na final. Minakov, por sua vez, conheceu a primeira derrota de sua carreira como lutador.

    Erick Silva perde em sua estreia

    Apesar dos seus esforços, Erick Silva não conseguiu estrear com vitória no Bellator. Diante de Yaroslav Amosov, o brasileiro até deu trabalho, mas viu o Wrestling do rival fazer a diferença no triunfo por unanimidade. Agora, são 21 vitórias e nenhum revés para Amosov.

    Erick Silva começou bem, mas foi perdendo o gás e acabou superado no Wrestling (Foto Bellator MMA)

    Na abertura do card principal, Valerie Loureda derrotou Colby Fletcher por nocaute técnico ainda no primeiro round, após uma forte sequência de golpes no ground and pound.

    RESULTADOS COMPLETOS:

    Bellator 216
    Uncasville, em Connecticut (EUA)
    Sábado, 16 de fevereiro de 2019

    Card principal
    Michael Page derrotou Paul Daley por decisão unânime dos jurados
    Mirko Cro Cop derrotou Roy Nelson por decisão unânime dos jurados
    Cheick Kongo derrotou Vitaly Minakov por decisão unânime dos jurados
    Yaroslav Amosov derrotou Erick Silva por decisão unânime dos jurados
    Valerie Loureda derrotou Colby Fletcher por nocaute técnico no 1R

    Card preliminar
    Tyrell Fortune derrotou Ryan Pokryfky por nocaute técnico no 1R
    Nekruz Mirkhojaev finalizou Patrick Casey com um estrangulamento no 3R
    Vinicius De Jesus derrotou Rodolpho Barcellos por nocaute técnico no 1R
    Kemran Lachinov finalizou Kastriot Xhema com uma chave de joelho no 2R
    Justin Sumter finalizou Reginaldo Felix com um mata-leão no 2R
    Jesse Kosakowski finalizou Rodolfo Rocha com um mata-leão no 2R
    Demetrius Plaza derrotou Andrews Rodriguez por decisão unânime dos jurados

    3 COMENTÁRIOS

    1. Erick Silva tá de brincadeira. Toda vez que luta com um mediano ou top, a derrota é certa!!! Galinha morta no UFC e Bellator é raro, ou será que a galinha morta é ele???!!

    2. Fiquei muito impressionado com o lutador Vinicius de Jesus no Bellator 216 , com certeza iremos ouvir muito sobre ele ainda

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome