GSP confirma nova aposentadoria após tentativa frustrada de lutar contra Khabib

    Georges St-Pierre anuncia aposentadoria do MMA pela segunda vez (Foto Getty Images / UFC)

    Nesta quinta-feira (21), em coletiva realizada na cidade de Montreal, no Canadá, Georges St-Pierre confirmou que está se aposentando pela segunda vez do MMA. O rumor da decisão do canadense estava circulando na imprensa especializada nos últimos dias. GSP, ex-campeão dos meio-médios e dos médios do UFC, disse que gostaria de ter lutado contra Khabib Nurmagomedov, atual campeão dos leves, mas o Ultimate “tinha outros planos”.

    “Nós tentamos organizar uma luta contra o Khabib Nurmagomedov. Eu sei que o Khabib queria. Mas o UFC tinha outros planos. Eu desejo ao Khabib a melhor sorte. Eu sou um grande fã dele. Eu acho que ele é o melhor lutador da atualidade. Eu amo assisti-lo lutar. Eu não posso esperar para ver quem será o próximo (adversário do russo)”, comentou.

    Sobre a questão da aposentadoria, St-Pierre disse que não foi fácil abandonar o esporte e que precisou de “disciplina”. No entanto, destacou que o principal fator era parar no “topo”.

    “Hoje, todos sabem, não é uma surpresa, anúncio minha aposentadoria. Não é triste, estou muito feliz. Custou muita disciplina para me aposentar no topo, foi um processo na minha cabeça, mas é a hora. Sempre disse que queria me aposentar por decisão minha, não ser aposentado pelos outros. É como deve ser: no topo. Eu costumava ir lá e bater em todos. Eu queria destruir todo mundo. Não tenho mais a mesma raiva, a mesma fome”, explicou.

    St-Pierre deixa o MMA com 28 lutas em seu cartel, sendo 26 vitórias e apenas duas derrotas – para Matt Hughes e Matt Serra, ambos vencidos posteriormente pelo canadense. Após encerrar a carreira pela primeira vez em 2013, GSP deixou o UFC como campeão dos meio-médios (até 77kg). Quatro anos depois, em 2017, voltou, finalizou Michael Bisping e se tornou campeão dos médios (até 84kg). Por conta do processo de ganho de peso para subir de divisão, o lutador adquiriu alguns problemas de saúde e, em seguida, abriu mão do título do Ultimate, afirmando que não gostaria de “travar” e “prejudicar” a categoria.

    2 COMENTÁRIOS

    1. LUTADOR MUITO TÉCNICO E DE ALTO NÍVEL, PORÉM SEMPRE GOSTOU DE ESCOLHER LUTAS QUE O BENEFICIASSEM!
      QUANDO ERA PRA ENCARAR STRIKERS OU PEDREIRAS CORRIA COM A DESCULPINHA DE SUSPEITA DE DOPING POR PARTE DOS SEUS ADVERSÁRIOS. DEPOIS QUE O BISPING FOI CAMPEÃO VOLTOU RAPIDINHO, VENCEU E DEPOIS VAZOU FORA DE NOVO! SEMPRE QUERENDO FICAR POR CIMA NA MALANDRAGEM!

      AGORA QUE PODERIA SAIR POR CIMA COM DIGNIDADE GANHANDO DESSA MOLEZA DO KHABIB CORREU… PREFERIU NÃO ARRISCAR DO QUE PERDER NOS PONTOS POR UM LUTADOR MEDÍOCRE MAIS JOVEM. NÃO DÁ PRA ENTENDER, SERIA UMA GRANA E VITÓRIA FÁCIL PRO CANADENSE.

      ESSE ST-PIERRE NÃO PASSA DE UM OPORTUNISTA!

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome