Cinco lutadores do UFC Fortaleza recebem suspensão médica de 180 dias; confira a lista completa

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 05/02/2019

publicidade

A Comissão Atlética Brasileira de MMA (CABMMA) divulgou no começo deste semana a lista de suspensão médica do UFC Fortaleza, realizado no último sábado (2), na capital cearense. Cinco lutadores pegaram um gancho pesado de seis meses, no entanto, podem ser liberados por um médico antes do prazo de 180 dias. São eles: Charles do Bronx, David Teymur, Felipe Cabocão, Rogério Bontorin e Magomed Bibulatov.

Do Bronx, que chegou a quarta vitória seguida no UFC e a 13ª vitória por finalização na carreira, recebeu duas dedadas no olho no confronto com o sueco David Teymur. O paulista precisará passar por uma avaliação com um oftalmologista para ser liberado antes.

Já o brasileiro Bontorin e Bibulatov precisarão de um raio-x no dedão do pé, enquanto o estreante Cabocão vai precisar de um exame para avaliar os danos causados no nariz.

Marlon Moraes, que derrotou Raphael Assunção na luta principal, pegou suspensão de 14 dias sem lutar e sete sem contato físico, assim como o ex-campeão José Aldo, que bateu Renato Moicano por nocaute técnico no co-main event da noite em Fortaleza.

Confira abaixo as suspensões do UFC Fortaleza:

Rogério Bontorin: suspenso por 180 dias até a radiografar o polegar direito; suspensão mínima de 30 dias sem lutar, 21 dias sem contato
Disse Nurmagomedov: suspenso 14 dias sem lutar, 7 dias sem contato
Felipe Colares: suspenso 180 dias, aguardando radiografia do nariz; suspensão mínima de 30 dias sem lutar, 21 dias sem contato
Jair Rozenstruik: suspenso 14 dias sem lutar, 7 dias sem contato
Max Griffin: suspenso 14 dias sem lutar, 7 dias sem contato
Taila Santos: suspensa 14 dias sem lutar, 7 dias sem contato
Anthony Hernandez: suspenso 30 dias sem lutar, 21 dias sem contato
Sarah Frota: suspensa 14 dias sem lutar, 7 dias sem contato
Justin Ledet: suspenso 45 dias sem lutar, 30 dias sem contato
David Teymur: suspenso por 180 dias, aguardando autorização do oftalmologista; suspensão mínima de 30 dias sem lutar, 21 dias sem contato
Lyman Good: suspenso 14 dias sem lutar, 7 dias sem contato
Renato Moicano: suspenso 45 dias sem lutar, 30 dias sem contato
Marlon Moraes: suspenso 14 dias sem lutar, 7 dias sem contato
Magomed Bibulatov: suspenso 180 dias pendentes de radiografia do pé direito; suspensão mínima de 30 dias sem lutar, 21 dias sem contato
Ricardo Ramos: suspenso 45 dias sem lutar, 30 dias sem contato
Geraldo de Freitas: suspenso 14 dias sem lutar, 7 dias sem contato
Júnior Albini: suspenso 45 dias sem lutar, 30 dias sem contato
Thiago Alves: suspenso 14 dias sem lutar, 7 dias sem contato
Mara Romero Borella: suspensa 14 dias sem lutar, 7 dias sem contato
Markus Perez: suspenso 14 dias sem lutar, 7 dias sem contato
Livinha Souza: suspensa 14 dias sem lutar, 7 dias sem contato
Johnny Walker: suspenso 14 dias sem lutar, 7 dias sem contato
Charles Oliveira: suspenso por 180 dias, aguardando liberação do oftalmologista; suspensão mínima de 30 dias sem lutar, 21 dias sem contato
Demian Maia: suspenso 14 dias sem lutar, 7 dias sem contato
José Aldo: suspenso 14 dias sem lutar, 7 dias sem contato
Raphael Assunção: suspenso 45 dias sem lutar, 30 dias sem contato

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade