Lenda da arte suave, Marcelinho Garcia ‘impõe’ condição para voltar a competir

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 21/02/2019
Lenda da arte suave, Marcelinho Garcia ‘impõe’ condição para voltar a competir

publicidade

Tetracampeão do ADCC e pentacampeão mundial, Marcelinho Garcia passou os últimos anos focado em sua família e também em sua equipe, que conta com as feras Matheus Diniz, Matheus Lutes, Marcos Tinoco, entre outras. Embora sua última luta profissional tenha sido em 2011, o faixa-preta nunca anunciou oficialmente sua aposentadoria e, ao longo dos últimos anos, mostrou-se disposto a fazer um possível retorno aos tatames.

Em entrevista ao site FloGrappling, Marcelinho revelou que nunca se aposentou oficialmente da modalidade pois, em algum momento, deseja retornar, sem especificar se a volta seria em uma superluta ou em um torneio específico, mas comentou a respeito.

“Definitivamente vou voltar a competir. É algo que adoro fazer, e algo que fez parte da minha vida por muito tempo. E é por isso que nunca me aposentei, não gosto de fazer um discurso sobre aposentadoria, porque nunca me aposentei”, disse o faixa-preta, que impôs uma condição para que seu retorno seja concretizado e aumentou a esperança dos fãs.

“Eu quero ir para um grande evento, que trate as pessoas bem, respeite todos lutadores. Um evento que não faça seus lutadores falarem sobre o outro. É o que estou procurando”.

Considerado um dos grandes lutadores de sua geração, Marcelinho Garcia sempre pregou o respeito e a humildade entre os integrantes de sua equipe. Prova disso foi que, em 2017, o faixa-preta suspendeu Dillon Danis e Mansher Khera, dois dos seus principais atletas, por conta de atos de indisciplina de ambos. Logo depois, os dois lutadores deixaram e equipe.

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade