Thiago Moisés analisa derrota em estreia no UFC e projeta futuro: ‘Quero voltar a finalizar’

Publicado em 25/02/2019 por: Nilmon
Thiago Moisés analisa derrota em estreia no UFC e projeta futuro: ‘Quero voltar a finalizar’ Thiago Moisés fará sua estreia no Ultimate em duelo contra Beneil Dariush (Foto Getty Images / UFC)

publicidade

Por Vitor Freitas

Depois de sua primeira peleja no UFC, o jovem Thiago Moisés, 23 anos, está animado para ser convocado novamente para uma luta oficial. Com 11 vitórias e apenas três derrotas no MMA, o faixa-preta da American Top Team, na Flórida, recorreu aos velhos treinos de quimono para reencontrar o caminho das vitórias no UFC.

Thiago, que é campeão mundial pela International Brazilian Jiu-Jitsu Federation (IBJJF), optou pelos treinos de Jiu-Jitsu enquanto aguarda um novo chamado de Dana White.

“Enquanto não tenho luta marcada, coloquei meu quimono e amarrei minha faixa-preta na cintura para treinar Jiu-Jitsu, é algo que me faz bem e me deu muitas conquistas pessoais. Lógico, estou treinando todas as outras áreas, todos os dias. Estou bastante animado para mostrar coisas novas. Quero voltar a finalizar”, contou Thiago.

Depois de duas vitórias seguidas no MMA, Thiago amargou a primeira derrota no UFC, contra Beneil Dariush. Dois meses após o confronto, o atleta analisa o que deu errado no octógono.

“Beneil Dariush tem todo o mérito em nossa última luta, mas acredito que o pouco tempo de adaptação que eu tive em relação a altitude foi um fator que prejudicou muito a minha performance. Quero voltar ao octógono em breve, para mostrar o meu potencial. Foi uma sensação indescritível fazer a minha estreia no UFC. Foi um sonho que se concretizou com muitos anos de dedicação”, explicou Moisés.

Cogitado pelos especialista no card do UFC no Brasil, agendado para o dia 11 de maio, ainda sem uma sede escolhida oficialmente, a equipe do atleta diz que nada ainda está definido. De acordo com o Thiago, o seu empresário, Alex Davis, está em contato com a organização para marcar seu próximo combate.

“Meu empresário Alex já está em contato com o UFC e em breve estarei em ação novamente. Na minha próxima luta, pretendo ser eu mesmo e entrar bem treinado. Estou com sede de vitória, não vai escapar”, encerrou.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade