Marcado para acontecer neste sábado (9), em Melbourne, na Austrália, o UFC 234 promete ser mais um evento de alto nível para os fãs de MMA. Na luta principal da edição, o campeão peso-médio Robert Whittaker defenderá seu título diante do desafiante Kelvin Gastelum. Na luta co-principal, Anderson Silva retorna ao cage do Ultimate para enfrentar a sensação nigeriana Israel Adesanya, onde o vencedor deverá ser o próximo desafiante ao cinturão da categoria até 84kg.

Além de Anderson, o card contará com a participação de outros três brasileiros. No peso-galo, Rani Yahya vai enfrentar Ricky Simon. Nos moscas, vindo do Contender Series, Raulian Paiva fará sua estreia na organização diante de Kai Kara-France. Quem também fará seu debute é Marcos Mariano, que terá Lando Vannata pela frente nos leves.

Whittaker e Gastelum medem forças pelo cinturão

Com 28 anos, Robert Whittaker partirá para mais uma defesa de titulo no peso-médio. Vivendo a melhor fase de sua carreira, embalado por uma ótima sequência de nove vitórias consecutivas, sendo as duas últimas em batalhas vencidas contra Yoel Romero, o australiano lutará com o apoio da torcida local, no entanto, terá um duro desafio pela frente. Isto porque, do outro lado, estará a pedreira Kelvin Gastelum, que se credenciou à disputa de cinturão após os triunfos conquistados sobre Michael Bisping e Ronaldo Jacaré.

Anderson retorna em duelo decisivo

Sem lutar desde fevereiro de 2017, quando derrotou Derek Brunson no UFC 208, Anderson Silva vai para o “tudo ou nada” no UFC. Isso se aplica pelo fato do presidente da franquia, Dana White, já ter afirmado que, caso vença Israel Adesanya, o “Spider” será o próximo desafiante ao cinturão dos médios. No entanto, recentemente, o mandatário também declarou que uma derrota por nocaute pode representar a aposentadoria do brasileiro.

Anderson Silva e Israel Adesanya se enfrentam no co-main event do UFC 234 (Foto: Getty Images)

Enquanto Anderson vive uma espécie de dilema, Adesanya colhe os frutos de uma carreira promissora. Invicto no MMA, com 15 vitórias, o nigeriano de 29 anos contabiliza quatro triunfos consecutivos no UFC, o último sobre Brunson, ainda no primeiro round. Desta forma, uma vitória sobre o lendário “Spider” pode colocá-lo, de vez, nos holofotes.

CARD COMPLETO:

UFC 234
Melbourne, na Austrália
Sábado, 9 de fevereiro de 2019

Card principal
Peso-médio: Robert Whittaker x Kelvin Gastelum
Peso-médio: Israel Adesanya x Anderson Silva
Peso-galo: Rani Yahya x Ricky Simón
Peso-mosca: Montana de la Rosa x Nadia Kassem
Peso-meio-pesado: Jim Crute x Sam Alvey

Card preliminar
Peso-leve: Devonte Smith x Ma Dong Hyun
Peso-pena: Austin Arnett x Shane Young
Peso-mosca: Kai Kara-France x Raulian Paiva
Kyung Ho Kang finalizou Teruto Ishihara com um mata-leão no 1R
Peso-leve: Lando Vannata x Marcos Rosa
Jalin Turner derrotou Callan Potter por nocaute técnico no 1R
Jonathan Martinez derrotou Wuliji Buren por decisão unânime dos jurados