Prefeitura Municipal de Miguel Pereira, UFF e Botafogo se unem em parceria inovadora: ‘Bons frutos’

Reunião aconteceu na Reitoria da UFF, em Niterói, no Rio de Janeiro (Foto Reynaldo Félix)

Por Diogo Santarém

Mais um importante passo em prol do desenvolvimento esportivo no estado do Rio de Janeiro foi dado na última terça-feira (26), em Niterói, onde ocorreu um encontro na reitoria da Universidade Federal Fluminense (UFF) envolvendo o vice-reitor da Universidade, o Botafogo de Futebol e Regatas e a Prefeitura Municipal de Miguel Pereira.

O tema em debate foi a criação de um Termo de Cooperação para novos projetos a serem implementados em Miguel Pereira, e o secretário municipal de Esporte, Lazer e Recreação, Ronaldo Anquieta, falou a respeito, destacando o objetivo de fomentar a prática esportiva.

“No total, serão implantados, por meio da UFF, três núcleos do Esporte e Cidadania Para Todos e dois núcleos do PELC em Miguel Pereira, onde a estimativa é atender mais de mil pessoas. As modalidades oferecidas vão ser: zumba, ballet, Jiu-Jitsu, Capoeira, Vôlei, Futsal, Futebol, orientação, downhill, ‘contação de história’, Taekwondo, Ginástica, Basquete, Handebol e cine clube. As atividades serão realizadas nos bairros Centro, Governador Portela, Praça da Ponte, Conrado, Roseiral, Ramada e Vera Cruz, e as inscrições começam na primeira semana de abril, nos próprios pólos. Não há limite de idade e as oficinas serão gratuitas”, explicou Ronaldo, um dos braços desta parceria, que ainda completou: “Além das atividades, diversos lutadores de grandes organizações, como o UFC, também marcam presença em nossos eventos como forma de estimular os jovens”.

Para os representantes da UFF, o Vice-reitor Fábio Passos, o Pró Reitor de Planejamento Jailton Gonçalves e o Coordenador de Projetos Francisco Gilberg, esta é uma oportunidade única de melhorar a qualidade de vida das pessoas no estado do Rio de Janeiro através do esporte, mas também com outras atividades, desenvolvendo mais cultura e lazer.

“Esse tipo de projeto com participação da UFF e esportes na sociedade é muito importante. Levar o esporte para uma população que não tem fácil acesso a ele, isso aumenta a qualidade de vida em vários aspectos, entre eles a saúde. E ao longo de cinco anos, a UFF vem desenvolvendo grandes projetos com o Governo Federal, Ministério da Cidadania e Secretaria Especial do Esporte, através das PELCs. Na reunião, nosso propósito foi debater em conjunto novas ideias para implementação”, contou o Vice-reitor Fábio Passos.

Vice-presidente de Gestão de Estádios do Botafogo de Futebol e Regatas, Anderson Simões destacou o pioneirismo da “tríade” com UFF, o clube e Miguel Pereira, e projetou sucesso.

“Para nós do Botafogo, é muito bom poder participar desse projeto, um projeto pioneiro. Estamos pegando a criança que está lá dentro da escolinha, do núcleo, aprendendo um esporte, e essa mesma criança vai poder chegar a ter a chance de jogar na NBB um dia, por exemplo, criando situações assim em vários esportes, de mais oportunidades. Além disso, é uma forma importante de levar para o interior a nossa marca, nos fortalecer e criar novos botafoguenses. O Botafogo entrou para ficar, não é só um projeto. Vem mais por aí”.

Encontro reuniu representantes da UFF, Botafogo e Prefeitura Municipal de Miguel Pereira (Foto Reynaldo Félix)

Prefeito quer Miguel Pereira como referência

Com tantos planos em andamento, André Português, prefeito de Miguel Pereira, se vê animado com o futuro pela frente. Com o objetivo de transformar a cidade uma “referência em esportes no estado do Rio de Janeiro”, ele aposta em uma vitória da população.

“Com certeza é uma parceria que vai dar certo e bons frutos, essa ligação entre Prefeitura Municipal de Miguel Pereira, UFF e Botafogo de Futebol e Regatas. Acredito que, dessa união, quem vai ganhar é a população, com o esporte cada vez mais próximo”, afirmou o prefeito, que concluiu falando sobre os planos de um novo núcleo no Colégio Militar.

“Eu já tenho uma agenda com o governador aonde eu vou levar essa proposta da parceria do núcleo dentro do Colégio Militar do Corpo de Bombeiros. Com certeza vai ser algo inovador, porque vai ser a universidade entrando dentro da escola militar juntamente da prefeitura municipal, e acredito que vai ser um grande ganho para os alunos militares”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente
Seu nome