Demetrious finaliza e Alvarez é nocauteado em edição histórica do ONE; Bibiano recupera cinturão

    Ex-campeão do UFC, Demetrious Johnson saiu vencedor em sua estreia pelo ONE Championship (Foto ONE)

    Principal organização de MMA na Ásia, o ONE Championship realizou o maior evento de sua história neste domingo (31), em Tóquio, Japão. A edição contou com as estreias de Eddie Alvarez e Demetrious Johnson, ex-campeões do UFC, e com quatro disputas de título.

    Ex-UFC, Alvarez é nocauteado e Johnson finaliza

    Novo contratado do ONE e ex-campeão do UFC e Bellator, Eddie Alvarez gerou grande expectativa para sua primeira luta na organização asiática, no entanto, seu desempenho foi longe do esperado. Diante de Timofey Nastyukhin, o americano levou a pior na luta em pé e, logo nos primeiros minutos, foi a knockdown ao receber um direto, mas se recuperou. Alvarez seguiu em desvantagem na trocação e acabou sendo nocauteado ainda no primeiro round, após o russo conectar um duro cruzado, que levou Eddie novamente ao solo. Após sacramentar a luta com golpes no ground and pound, Timofey foi declarado vitorioso e avançou à semifinal do GP dos pesos leves, onde enfrentará o americano Lowen Tynanes.

    Quem também não possuiu “vida fácil”, porém, saiu vencedor, foi Demetrious Johnson. Recordista em defesas de título no Ultimate, o americano teve Yuya Wakamatsu pela frente e, desde o início, tentou impor seu conhecido jogo de Wrestling, mas encontrou uma boa defesa de quedas por parte do japonês. Wakamatsu, inclusive, vinha melhor na luta em pé, todavia, deu brechas para Johnson aplicar uma queda e levar o duelo ao chão. Primeiro, o “Mighty Mouse” buscou um mata-leão, defendido por Yuya. O japonês, entretanto, não escapou da guilhotina em pé encaixada por Demetrious e foi forçado a dar os três tapinhas no segundo assalto. Com o resultado, o americano avança no GP dos Moscas da franquia.

    Bibiano e Aoki lideram lista de campeões no card

    Além de Eddie Alvarez e Demetrious Johnson, o card estrelado do ONE 92 ainda teve quatro cinturões em jogo. Na luta principal, Shinya Aoki, lendário lutador japonês, voltou a ficar com o título dos leves em sua posse ao finalizar o filipino Eduard Folayang com um katagatame no primeiro round, sem maiores dificuldades. Aoki, que havia perdido para Folayang em 2016, vingou o resultado negativo e conquistou sua 43ª vitória no MMA.

    No co-main event, Angela Lee – campeã peso-átomo do ONE – subiu ao peso palha para desafiar a chinesa Xiong Jing Nan, que detém o título da categoria. Ambas travaram um combate bem agitado, com Lee sendo superior nos quatro primeiros rounds e quase finalizando a adversária ao aplicar um armlock. No último round, porém, Jing Nan teve um ótimo desempenho e conseguiu o nocaute técnico após uma série de golpes conectados.

    Na categoria peso médio, o casca-grossa Aung La Nsang manteve o título ao superar o japonês Ken Hasegawa por nocaute no segundo assalto de luta. A curiosidade ficou por conta do pós-luta, onde Nsang – também campeão meio-pesado da franquia – foi desafiado dentro do cage por Brandon Vera, o detentor do título na divisão dos pesados.

    Por fim, Bibiano Fernandes e Kevin Belingon – então campeão peso-galo – fizeram a aguardada trilogia. O brasileiro, que já havia reinado por anos na divisão, perdendo o posto justamente para o filipino, teve bom desempenho, com ações na luta agarrada e também na trocação. O triunfo, no entanto, veio após Fernandes derrubar Belingnon, que rebateu com cotoveladas na nunca. O golpe, que é considerado ilegal, causou a interrupção do combate. Kevin, primeiramente, recebeu um cartão amarelo. Entretando, Bibiano Fernandes não conseguiu retornar após cinco minutos de paralisação, o que causou o cartão vermelho do filipino e, consequentemente, sua desclassificação. Desta forma, Bibiano foi declarado vencedor, mas deixou o cage frustrado por não receber o cinturão.

    RESULTADOS COMPLETOS:

    ONE Championship: A New Era
    Ryogoku Kokugikan, em Tóqui (JAP)

    Domingo, 31 de março de 2019

    Card principal
    Shinya Aoki finalizou Eduard Folayang com um katagatame no 1R
    Xiong Jing Nan derrotou Angela Lee por nocaute técnico no 5R
    Aung La Nsang derrotou Ken Hasegawa por nocaute técnico no 2R
    Bibiano Fernandes derrotou Kevin Belingon por desclassificação no 3R
    Demetrious Johnson finalizou Yuya Wakamatsu com uma guilhotina no 2R
    Timofey Nastyukhin derrotou Eddie Alvarez por nocaute técnico no 1R
    Yodsanklai Iwe Fairtex derrotou Andy Souwer por nocaute técnico no 2R

    Card preliminar
    Danny Kingad derrotou Senzo Ikeda por decisão unânime dos jurados
    Kairat Akhmetov derrotou Reece McLaren por decisão unânime dos jurados
    Joseph Lasiri derrotou Hiroki Akimoto por decisão majoritária dos jurados
    Mei Yamaguchi derrotou Kseniya Lachkova por finalização no 3R
    Garry Tonon derrotou Anthony Engelen por nocaute técnico no 1R
    Yoon Chang Min derrotou Bala Shetty por finalização no 1R

    2 COMENTÁRIOS

    1. caralho tinha que ver a nuca do bibiano com um ovo gigante acho que depois dessa ele vai ficar louco igual ao Mohamed ali forca bibi vc e o atual campeao e a cinta e sua mano veio

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome