Estudos, Judô no Fluminense e muito Jiu-Jitsu: Brenno Bonnet vai em busca do bicampeonato no DC Pro 2

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 20/03/2019
Estudos, Judô no Fluminense e muito Jiu-Jitsu: Brenno Bonnet vai em busca do bicampeonato no DC Pro 2

publicidade

Por Yago Rédua

A promessa Brenno Bonnet será uma das atrações do DC Pro 2, que vai ser realizado na Zona Oeste do Rio, na sede da DC Fighters, em maio. O faixa-roxa de Jiu-Jitsu fará uma superluta na segunda edição do evento, mas ainda sem um adversário definido. À TATAME, o lutador revelou um camp com duração de tempo menor, mas com “muita intensidade”.

“Para mim será um ano de muita entrega dentro e fora dos tatames. Escolhi que esse ano iria me dedicar completamente aos estudos, que faz o treino ser mais curto, menos horas, mas com uma intensidade muito maior. Se não fosse minha a nutricionista que me acompanha de perto, não conseguiria. Mas tento superar as horas que não estou treinando com um foco total e uma motivação ainda maior para trazer o resultado positivo”, afirmou.

O faixa-roxa, que pertence a DC Fighters e vem participando de treinos na Team CDD, disse que gosta mais do jogo de meia-guarda, no entanto, segue o “imprevisível” dentro do tatame. Brenno ainda afirmou que prefere lutar sem o quimono, como será no DC Pro 2.

“Meu jogo não é segredo. Quem me acompanha pela rede social e me conhece nas competições sabe que tenho um bom chão. Gosto muito de trabalhar na meia-guarda. Mas, devido a evolução no No-Gi, passei a não ter preferências. Tento não criar estratégias de luta. Meu Jiu-Jitsu flui bem tanto por cima, como por baixo. Entro no tatame ou no octógono e deixo acontecer. O improviso é a melhor estratégia”, disse Brenno, que seguiu:

“Gosto muito das duas (Gi e No-Gi)! Mas no sem pano eu me sinto em casa. No sem quimono não tem lapelas, golas, pano para você amarrar a luta. No sem pano, a porrada come solta e a luta se torna muito mais atrativa. O talento no No-Gi aparece rápido! Como a regra no DC Pro não contempla vantagens, você entra no octógono, fecham a jaula e aí não tem para onde correr”, apontou Brenno Bonnet, que também faixa-roxa de Judô.

A respeito dos planos para o restante da temporada, o jovem lutador disse que não vai para o Mundial da IBJJF, em maio. Brenno revelou que recebeu o convite para participar da equipe de Judô do Fluminense e terá o primeiro desafio já no fim deste mês de março.

“Estarei escolhendo muito pontualmente junto com meus mestres as competições que irei entrar. Pois como falei, estou muito focado nos estudos. A princípio estarei participando do Rio Fall, somente como No-Gi, e o DC Pro 2 para tentar o bicampeonato dentro da minha casa. E esse ano ainda tive o prazer de ser convidado pelo mestre Diego Valadão, faixa-preta de Jiu-Jitsu e Judô, para fazer parte da equipe de Judô do Fluminense. Já estarei lutando a primeira etapa no final de março e tentando conciliar as outras durante o ano. Optei esse ano em não ir para o Mundial da Califórnia (EUA) da IBJJF”, encerrou Brenno.

O DC Pro 2, organizado pelo professor Daniel Cabral, será no dia 11 de maio. O evento, assim como na primeira edição, terá transmissão ao vivo da TATAME TV no YouTube.

SERVIÇO:

DC Pro 2

Data: sábado, 11 de maio de 2019
Local:  
Estrada do Rio Grande, nº 2691, Taquara (RJ)
Inscrições: 3247-5599 ou 96438-8753

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade