Hacran Dias vence no ACA, Rony Jason perde no México e Rafael Morcego é campeão no Pancrase

Publicado em 19/03/2019 por: Nilmon

publicidade

Além do UFC Londres, realizado na Inglaterra no último sábado (16), o MMA teve diversos eventos pelo mundo neste fim de semana. O destaque ficou com o ACA 93, a fusão do Absolute Championship Berkut (ACB) e o Akhmat Fight Club, em São Petersburgo, Rússia.

Ex-lutador do UFC, Hacran Dias fez parte do card e venceu Ustarmagomed Gadzhidaudov por decisão unânime dos jurados após dominar os três rounds. O atleta da Nova União chegou ao triunfo de número 25 como lutador profissional. O brasileiro atuou como peso-leve, e enquanto lutou pelo Ultimate, Hacran integrava a categoria peso-pena (até 66kg).


Na luta principal, Salman Zhamaldaev venceu por decisão unânime Marat Balaev. Os dois entregaram um confronto empolgante para o público. Já no duelo que terminou com a vitória de Alexey Butorin sobre Jose Toledo, foram cinco minutos de ação. O embate franco e aberto foi aplaudido de pé pelos fãs e terminou com vitória por nocaute do russo Alexey.

Outra luta marcada pela trocação foi a vitória de Tural Ragimov sobre Akhmed Shervaniev em apenas 26 segundos. Já Renê Pessoa finalizou Khamzat Sakalov com uma guilhotina bem afiada. Um pouco antes de pegar, o brasileiro aplicou diversas cotoveladas no russo.

Rony Jason perde no México e desabafa

Rony Jason, ex-UFC e campeão do TUF Brasil 1, foi para Cidade do México (MEX) fazer a sua primeira luta após deixar o Ultimate. O lutador não subia ao cage desde fevereiro de 2017, quando atuou no UFC Fortaleza. No combate, foi derrotado pelo compatriota Diego Lopes por decisão unânime. Nas redes sociais, o potiguar desabafou sobre a ausência de patrocinadores, disse que sofreu para comprar as passagens e que foi sem córner lutar.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

(Vídeo 2) não vou pedir desculpa por correr atrás dos meus objetivos. Ontem não foi meu dia, deu o meu melhor.

Uma publicação compartilhada por Rony `Jason´ Mariano (@ronyjasonoficial) em

Brasileiro mantém título no Pancrase

Na edição 303 do Pancrase, no domingo (17), o brasileiro Rafael Morcego conquistou o título linear dos galos ao derrotar Kenta Takizawa ainda no primeiro round, em Tóquio, no Japão, pela luta principal do evento. A vitória foi por finalização. Em 2018, o catarinense de 33 anos havia conquistado o cinturão interino da categoria, e agora ele unifica os títulos.

Campeões nas Filipinas e Estados Unidos

No Brave CF, realizado nas Filipinas, Stephen Loman manteve o cinturão peso-galo ao nocautear Elias Boudegzdame. Rolando Dy, que teve passagem pelo UFC, também lutou no card e saiu vitorioso. Já no Titan FC, Mike Graves é o novo campeão peso-meio-médio da franquia. O lutador venceu Jared Gooden. O brasileiro Paulo Sérgio Santos nocauteou Nurbergen Sharipov. Em luta de grappling, Gilbert Durinho finalizou Gleison Tibau (veja).

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade